"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Uma Peça | Um Museu

Caixa de Jogo

Na tampa e em reserva circular emoldurada por personagens e flores, representam-se as armas do 4.º Marquês de Valença, D. Afonso Miguel de Portugal e Castro. Uma peça do Museu do Oriente.

 

Caixa de jogo
China, século XIX (primeira metade)
Madeira de criptoméria lacada e dourada e madrepérola
11 × 36 × 28,7 cm
Museu do Oriente/ FO/0985

Caixa octogonal com tampa, lacada a negro e decorada a ouro e policromia.

O jogo foi, tanto em Cantão como em Macau, uma das poucas distrações que os mercadores europeus tinham para preencher os longos tempos de espera entre as várias transações comerciais. Jogava-se às damas, ao voltarete, ao bezigue, ao xadrez, ao gamão ou a um jogo mais antigo de tradição chinesa conhecido por duplo seis (antigo jogo parecido com o gamão).

Exportadas para a Europa em grande número, incluídas como objetos específicos China trade, várias caixas e mesas de jogo decoradas com delicadas cenas de corte, flores e pássaros ostentam ainda o brasão do seu encomendador.

Visitas
51,988,567
>