"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Património Material

Capela de São Sebastião (Ericeira)

Distrito: Lisboa
Concelho: Mafra

Capela de S?o Sebasti
Tipo de Património
Património Material
Identificação Patrimonial
Monumento/Edifício
Época(s) Dominante(s)
Moderna (Séc. XV a XVI?) (Séc. XVII a XVIII)
Tipologia original
Arquitectura Religiosa - Ermida/Capela
Áreas Artísticas
Arquitectura Religiosa, Azulejaria
Proprietário/Instituições responsáveis
Paróquia da Ericeira
Equipa Técnica
Para ser visitada, telefonar para Sr. João Paulino que tem chave. Contacto: 261 863 333
Descrição

A importância da Ericeira adveio do facto de aí se encontrar um porto de pesca que, por si só, constitui a única saída importante para o mar que ocorre na costa compreendida entre Cascais e Peniche. Esta situação vantajosa fez dela, até meados de oitocentos, a 4ª Alfândega do Reino, apenas ultrapassada por Lisboa, Porto e Setúbal.

A Capela de São Sebastião encontra-se localizada junto ao mar e apresenta planta hexagonal com uma cobertura de cúpula em alvenaria de tijolo e cal, formando gomos.

Possui três portas, tendo a encimar a principal uma lápide onde se pode ler S[ão] Sebastião M[ártir]. O interior é completamente revestido desde o chão em tijoleira à cúpula por azulejaria polícroma seiscentista; a excepção desta cobertura em azulejo é uma moldura saliente em estuque onde assenta a cúpula, as cantarias das entradas e do arco triunfal, a cimalha em cantaria do altar-mor e o retábulo do altar. O retábulo, de influência italiana é composto por mármores de várias cores, mostrando a imagem setecentista do padroeiro.

Não se sabe ao certo a data da sua edificação. Existem várias opiniões sobre a sua origem: os que apontavam para uma construção da época mourisca, até os que viam aqui os restos de uma ábside romana, justificada pelas maciças paredes que compõem o templo, ou ainda, aqueles que dizem tratar-se de uma edificação completamente cristã, provavelmente do séc. XVI ou finais do séc. XV. De facto, há notícias  que D. Luís de Sousa, arcebispo de Lisboa, mandou efectuar trabalhos de restauro no último quartel de seiscentos (1678), tendo sido acrescentado o espaço destinado às sacristias e ao altar, respeitando contudo a anterior traça arquitectónica e decoração.

Património em perigo
Não
Intervenções e Restauros
Foi alvo de obras de restauro nos alicerces e piso, em 1678. É frequentemente caiada pela Junta de Freguesia da Ericiera.
Modo de funcionamento
Local de Culto
Morada
Largo de São Sebastião
2655
ERICEIRA
Telefone
261 862 552
Fonte de informação
Câmara Municipal de Mafra
Bibliografia
GORJÃO, Sérgio - «Ermida de S. Sebastião da Ericeira : Mais uma nota para a sua história», in Boletim Cultural '93, Câmara Municipal de Mafra, 1994.

LUCENA, Armando de, Monografia de Mafra, [Mafra], Comissão Municipal de Turismo, [1944].

Data de atualização
03/08/2011
Agenda
Colóquios, Conferências e Debates

"Macroquê?"

Biblioteca Orlando Ribeiro 14 Dez   |  17h00

Ver mais eventos
Visitas
35,887,927