"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Wim Wenders termina rodagem de Les Beaux Jours D’Aranjuez

A partir da obra de PETER HANDKE, numa produção de PAULO BRANCO.

Os protagonistas desta poderosa história são os atores REDA KATEB (vencedor de um César como Melhor Ator Secundário em 2015) e SOPHIE SEMIN. No elenco destacam-se ainda o ator JENS HARZER e o músico NICK CAVE, que participa no filme. A direção de fotografia de LES BEAUX JOURS D’ARANJUEZ está a cargo do conceituado BENOÎT DEBIE, responsável pela cinematografia de filmes como SPRING BREAKERS: VIAGEM DE FINALISTAS (2012), de Harmony Korine, LOST RIVER (2014), de Ryan Gosling e EVERY THING WILL BE FINE (2015), de Wim Wenders.
 
Para WIM WENDERS, realizador que dispensa apresentações e autor de clássicos como PARIS, TEXAS (Palma de Ouro e Prémio FIPRESCI no Festival de Cannes em 1984) e AS ASAS DO DESEJO (1987) ou o mais recente êxito O SAL DA TERRA (2014), este é o primeiro filme rodado em França.

LES BEAUX JOURS D’ARANJUEZ – UN DIALOGUE D’ÉTÉ é o primeiro texto escrito por PETER HANDKE diretamente na língua francesa. No entanto, esta não é a primeira colaboração entre o cineasta e o escritor, após o sucesso de MOVIMENTO EM FALSO (1975) e AS ASAS DO DESEJO (1987). A peça OS BELOS DIAS DE ARANJUEZ – UM DIÁLOGO DE VERÃO foi encenada por Tiago Guedes, no âmbito da última edição do LISBON & ESTORIL FILM FESTIVAL, numa sessão única no Centro Cultural de Belém.

Esta é uma produção da ALFAMA FILMS e da NEUE ROAD MOVIES, com a LEOPARDO FILMES como produtora associada e com a participação da RTP. LES BEAUX JOURS D’ARANJUEZ tem a sua estreia marcada para meados de 2016.

Passatempos

Visitas
54,552,578
>