"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Roteiros

Património e Memória: Peniche

À beira-mar situada, Peniche é a cidade mais ocidental de Portugal continental, constituindo o Cabo Carvoeiro o seu ponto extremo.

Fortaleza de Peniche


A cidade é um dos principais portos de pesca do país e local de embarque para excursões à Ilha das Berlengas - Reserva Natural de grande beleza, onde coexistem diversas espécies de aves e répteis com a flora típica e endémica. A sua região é rica em produtos hortícolas, produzindo batata, cenoura, repolho e tomate.

O povoamento de Peniche remonta à pré-história, como atestam os vestígios arqueológicos da Gruta da Furninha. Pela região passaram também os romanos que deixaram as suas marcas. Em 1609, Filipe II concede o título de vila a Peniche. E em 1988 foi promovida a cidade. Composto por seis freguesias, o concelho é famoso pelas suas praias, enseadas e baías.

Quanto ao património histórico, é de salientar a monumentalidade do complexo militar do séc. XVII do qual faz parte a Fortaleza de Peniche. As suas rendas de bilros têm grande nome, tal como a festa em honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, no primeiro Domingo de agosto, acompanhada por uma procissão na noite de véspera. Outra romaria importante é aquela que se realiza no terceiro Domingo de outubro. As tradições piscatórias e a fé do homem do mar marcam profundamente essas festividades.

Perto de Peniche são de visitar a praia do Baleal, antiga ilha hoje ligada por um istmo à terra firme e o Cabo Carvoeiro, local de formações rochosas muito interessantes.

Roteiro integrado nos PASSEIOS DE DOMINGO, do Centro Nacional de Cultura.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
50,871,490
>