"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

"Dor, amor, utopia e revolução": Obra que pretende quebrar com uma geração

Aos 18 anos, Diogo Alexandre lançou o seu primeiro livro de poesia. Os poemas são originais, fortes e, marcadamente, críticos, pois, afirma o Autor, importa «quebrar com os pensamentos de uma geração que não entende o amor como revolução».


Diogo Alexandre lançou, recentemente, a Obra “Dor, amor, utopia e revolução”, com chancela Chiado Books. Trata-se do primeiro livro de poemas originais do Autor, ilustrado por Vasco Maia e Moura. É objetivo «comover e mobilizar, à medida que os meus sentimentos vão invadindo o sistema límbico de quem o lê», partilha.

«Pretendo quebrar com normas castradoras, com o saudosismo com que olhamos para a História de Portugal, com a forma como ignoramos, por falta de empatia ou alienação em relação às realidades sociais, o racismo, o machismo, a homofobia e a transfobia», explica este nosso Autor nascido em Setúbal, tal como revela, no primeiro inverno do ano 2000.

Diogo Alexandre diz-se marcado por uma geração desprovida de sentimentos e na qual ainda «é tabu ter uma posição política “demasiado radical”, onde não sonhamos nem devemos sonhar muito», explica.

“Dor, amor, utopia e revolução” assume-se, assim, como uma forma de procurar «unir, em torno deste livro, quem não se identifica com esta sociedade de emoções reprimidas e de grupos e classes oprimidas». 

De Ernest Hemmingway à força revolucionária das palavras

A escrita tornou-se parte de si, cedo. O primeiro contacto com um “livro de crescidos” aconteceu aos 12 anos - “Por Quem os Sinos Dobram”, de Ernest Hemmingway, fê-lo aventurar-se: sentimentos, experiências e a força revolucionária rapidamente se foram transformando em palavras.

Diogo Alexandre diz-se um activista e não esconde, por isso, uma voz ativa na luta pelos Direitos Humanos ou nas lutas estudantis.

Obra publicada pela Chiado Books

A Chiado Books é uma chancela do Chiado Grupo Editorial,  a maior editora do mundo em Língua Portuguesa em volume de obras publicadas.  Ao celebrar, em 2018, 10 anos, o Chiado Grupo Editorial confirma que mais do que uma missão, publicar livros é a paixão que move toda a equipa.  Com sede, em Alcântara (Lisboa), o Chiado Grupo Editorial trabalha, também, outras chancelas, nomeadamente a Chiado Publishers e a Chiado Books Kids.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
52,257,074
>