"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Herói do 25 de Abril protagoniza novo romance de Carlos Vale Ferraz

Depois de A Última Viúva de África, vencedor do Prémio Fernando Namora, o autor lança Que fazer contigo, pá?


Neste novo romance, o ex-capitão de Abril narra a história de um major da artilharia, herói do 25 de Abril, que viverá intensamente o verão quente de 1975. Derrotado pelo 25 de Novembro, é-lhe dada a escolha de ir para o exílio, abdicando da memória desses tempos. Até que chega o dia de regressar a Portugal para procurar os seus companheiros de luta e retomar o percurso político que abandonou.

Carlos Vale Ferraz, pseudónimo literário de Carlos Matos Gomes, venceu recentemente o Prémio Literário Fernando Namora pelo seu romance anterior, A Última Viúva de África.

SOBRE O LIVRO
Que fazer contigo, pá? é uma história da História: a de Rúben, nome de código de um indistinto major de artilharia que veio a ser comandante da operação que pôs fim à longa ditadura portuguesa. Um homem que a mãe, descendente de D. António, Prior do Crato, considerou estar destinado a desempenhar o papel de um Salvador da Pátria, redimindo, a talhe de foice, o nome e os feitos do seu antepassado. Herói do 25 de Abril, derrotado do 25 de Novembro, Rúben envolver-se-á nas ações violentas que se seguiram à contrarrevolução. Por fim, abandonará os camaradas de luta para se exilar em Paris, deixando-os entregues à sua sorte. Na capital francesa encontrará um duplo, o Outro, com quem todos o confundem. O confronto é fatal: um dos homens morre, e o sobrevivente regressa à pátria para reconstituir o seu passado. No entanto, nem os antigos camaradas, nem os inimigos de sempre sabem o que fazer dele…
Que fazer contigo, pá? é um romance corajoso, no qual Carlos Vale Ferraz se confronta com uma das situações mais delicadas da nossa História recente. 

SOBRE O AUTOR

Carlos Vale Ferraz, pseudónimo literário de Carlos de Matos Gomes, nasceu a 24 de julho de 1946, em Vila Nova da Barquinha. Foi oficial do Exército, tendo cumprido comissões em Angola, Moçambique e Guiné. Algumas das suas obras foram adaptadas ao cinema e à televisão, e colaborou com Maria de Medeiros no argumento do filme Capitães de Abril. É investigador de História Contemporânea de Portugal. Publicou, como Carlos de Matos Gomes e em coautoria com Aniceto Afonso, os livros Guerra Colonial, Os Anos da Guerra Colonial e Portugal e a Grande Guerra. No catálogo da Porto Editora figuram os seus romances A Última Viúva de África (2017), Prémio Literário Fernando Namora 2018, e Nó Cego (reeditado em 2018), uma obra de referência obrigatória na ficção portuguesa sobre a guerra colonial. 
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
51,913,707
>