"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

O Palácio Nacional da Ajuda e a sua afirmação como Museu

A obra incide nas transformações ocorridas nesta antiga residência real, que passou a ter utilizações protocolares ligadas à Presidência da República e é atualmente apresentado ao visitante como palácio-museu.


Trata-se de uma obra incidente nas transformações ocorridas nesta antiga residência real, um edifício ligado à representação do poder monárquico constitucional que mudaria de funções após a viragem para a República.

O livro analisa a evolução do Palácio Nacional da Ajuda, desde a revolução de outubro de 1910 até ao ano de 1981, dando destaque à ação das personalidades fundamentais nos primeiros anos da República (João Taborda de Magalhães e Custódio José Vieira) e analisando a atividade dos seus administradores/conservadores: Armando Porfírio Rodrigues (1911-1938), Manuel Carlos de Almeida Cayola Zagalo (1938-1964) e Armindo Ayres de Carvalho (1964-1981).
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
51,039,619
>