"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Estudar Latim por Facebook com Frederico Lourenço

O tradutor de grego surpreendeu há meses ao lançar no intervalo da tradução dos primeiros volumes da Bíblia uma gramática de Latim. Agora, em tempo de quarentena, coloca 100 lições no seu Facebook.

Frederico Lourenço© Paulo Spranger / Global Imagens


Em menos de 24 horas, o tradutor Frederico Lourenço já tem mais de dois mil seguidores das suas aulas de Latim no Facebook. A ideia surgiu, disse ao DN, "como muitas outras que me têm ocorrido". Ou seja: "De repente estava lá, como que do nada. Foi uma ideia relâmpago que pus logo em prática, sem pensar muito."

A página chama-se Latim do zero - Página de Frederico Lourenço para a aprendizagem do Latim . Na introdução, o professor universitário questiona os visitantes: "E que tal aproveitarem esta fase de recolhimento para aprender Latim?" E dá a solução: "Vou postar todos os dias uma lição de Latim, começando do zero." Acrescenta para os indecisos: "O saber não ocupa lugar; e o latim é (acreditem) a língua mais bela e expressiva que se possa imaginar. Aceitem o meu desafio e embarquem nesta aventura!"

Quando se lhe pergunta se uma pandemia é a melhor forma de descobrir uma paixão por uma língua morta, a resposta é: "Acho que a situação atual é propícia à descoberta de coisas que têm valor perene e ainda para mais são gratuitas."

A grande dúvida para os facebookianos é o que poderão aprender num mês de distanciamento social e a resposta é: "Num mês já será possível adiantar suficiente material para se ler já alguns textos em latim autêntico. Não chegará ainda para Cícero nem para Vergílio."

Frederico Lourenço dá como prazo para estas lições de Latim os 100 posts a que se propôs: "Com eles tenciono cobrir as estruturas essenciais da língua latina. Não são propriamente aulas; são simplesmente posts no Facebook, que ficarão na Página para qualquer pessoa poder seguir quando lhe apetecer."

Uma coisa é certa, o interesse nesta iniciativa de quarentena foi muito grande. "A adesão é incrível: ontem, uma hora após a criação da Página já tinha mil seguidores", referiu.


por João Céu e Silva in Diário de Notícias | 18 de março de 2020
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Diário de Notícias

Visitas
51,036,692
>