"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Centenário de Amália assinalado com gravações inéditas

Gravações inéditas de Amália Rodrigues, ao vivo, em Paris, vão ser editadas no dia a 23 de julho, dia em que a fadista completaria 100 anos. As gravações fazem parte do projeto de edição da discografia completa de Amália, liderado pelo musicólogo Frederico Santiago.


O centenário do nascimento de Amália Rodrigues, que se comemora este ano, vai ser assinalado com gravações inéditas

As gravações, ao vivo, em Paris, vão ser editadas no dia a 23 de julho, dia em que a fadista completaria 100 anos, e fazem parte do projeto de edição da discografia completa de Amália, liderado pelo musicólogo Frederico Santiago.

Trata-se de uma caixa com cinco CD, em que apenas o material de um deles é já conhecido. A fonte é a gravação do espetáculo no Olympia, em 1956, remasterizado a partir das bobinas originais.

O restante material, gravado entre 1957 e 1965, inclui atuações ao vivo e em estúdio na Rádio France, dois espetáculos completos, novamente no Olympia, em 1967 e em 1975, e ainda uma atuação para emigrantes portugueses, em 1964.

Apesar de ter atuado por todo o mundo, Paris ou, mais concretamente, o Olympia foi fulcral para a carreira de Amália, que, em várias entrevistas, se referiu à capital francesa como a rampa de lançamento do seu prestígio internacional. "De Paris parti para o mundo", afirmou a fadista, numa entrevista.


por Dina Soares, in Renascença | 20 de maio de 2020
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Rádio Renascença

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
52,154,701
>