"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

"Os Doentes do Doutor García"

A missão de contar o que a História calou. 

Almudena Grandes dá voz às vítimas do fascismo europeu em Os Doentes do Doutor García, um romance de ficção construído em torno de factos reais.


Ao mesmo tempo thriller e romance de espionagem, Os Doentes do Doutor García é uma emocionante história que parte de acontecimentos reais pouco conhecidos sobre a Segunda Guerra Mundial e o franquismo para construir personagens que representam e evocam um dos momentos históricos mais difíceis e vergonhosos do século passado, não apenas em Espanha mas em toda a Europa. Esta narração ambiciosa, que procura dar voz aos vencidos, foi galardoada em Espanha com o Prémio Nacional de Narrativa e o Prémio Liber. Integra uma série de fôlego à qual Almudena Grandes deu o título de Episodios de Una Guerra Interminable. 

Neste livro encontramos como pano de fundo o fim da esperança e a tentativa de desmascarar a rede de evasão de centenas de criminosos de guerra e de hierarcas nazis dirigida por Clara Stauffer, no eixo Madrid-Buenos Aires, entre 1945 e 1955. Não é ficção, é realidade: nazi e falangista, Stauffer foi a única mulher a figurar na lista de 104 pessoas que as forças aliadas (e as franquistas) sabiam serem coniventes com o horror antissemita. 

«Os meus protagonistas são pessoas correntes, normais, heróis e heroínas que não o parecem», frisa a autora desta obra cujas personagens vamos conhecendo à vez, capítulo a capítulo, para mais à frente os seus destinos, por fim, se cruzarem. Alguns dos fios que teceram a conjuntura histórica deste relato são expostos em textos não ficcionais, de uma factualidade cruel, em contraste com a compaixão que os valentes imaginados por Almudena Grandes nos despertam. 

O livro estará disponível nas livrarias a 20 de agosto.

SOBRE O LIVRO

Os Doentes do Doutor García 

Depois da vitória de Franco na Guerra Civil Espanhola, o Doutor Guillermo García Medina continua a viver em Madrid sob uma falsa identidade, a mesma que o salvou de ser fuzilado e que foi um presente de Manuel Arroyo Benítez, um diplomata republicano a quem salvara a vida uns anos antes. Julgando que nunca mais o veria, acaba por encontrar-se com Manuel em 1946, deixando-se recrutar para uma missão secreta e muito perigosa: a de se infiltrar na rede clandestina de evasão de criminosos de guerra fugidos do Terceiro Reich para a Argentina, dirigida por Clara Stauffer, uma poderosa mulher de nacionalidade alemã e espanhola, a partir do pacato bairro de Argüelles. 

Ver primeiras páginas



SOBRE A AUTORA

Almudena Grandes 
Nasceu em 1960, em Madrid. O seu primeiro livro, Las Edades de Lulú, foi aclamado e premiado pela crítica. Posteriormente, romances como Te Llamaré Viernes, Los Aires Difíciles Besos en el Pan converteram-na numa das mais consolidadas e importantes autoras da literatura espanhola atual. 
Em 2010, publicou Inés y la Alegria, o primeiro de uma série intitulada Episodios de Una Guerra Interminable, que continuou com El Lector de Julio Verne (2012), Las Tres bodas de Manolita (2014) e Os Doentes do Doutor García (2017), galardoado no ano seguinte com o Prémio Nacional de Narrativa e o Prémio Liber, e publicado agora em Portugal pela Porto Editora.

Título: Os Doentes do Doutor García
Autor: Almudena Grandes 
Tradução: Helena Pitta 
Páginas: 752 
PVP: 22,00 €

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
60,103,125
>