"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Um tesouro reencontrado de René Goscinny e Albert Uderzo

As Edições ASA convidam os seus leitores a descobrirem, um verdadeiro achado: O Menir de Ouro, uma história ilustrada de Astérix, escrita por René Goscinny e desenhada por Albert Uderzo. Uma aventura fora de coleção, para ler, ver e ouvir.


Reina a agitação na aldeia gaulesa: Cacofonix decidiu participar no famoso Festival da Canção dos Bardos Gauleses para conquistar o Menir de Ouro!

Para o protegerem neste concurso seguido de perto pelos Romanos, Astérix e Obélix ficam encarregados de o acompanhar: eles não devem perder Cacofonix de vista, mesmo correndo o risco de… ficarem surdos!

Colocada à venda pela primeira vez em formato de livro-disco em 1967, esta aventura única tornou-se uma verdadeira relíquia quase perdida e nunca foi publicada em álbum.

Esta história, escrita com a vivacidade narrativa de René Goscinny propositadamente para uma gravação áudio e ilustrada com a mestria gráfica de Albert Uderzo propositadamente para o livreto que acompanha o disco, é uma verdadeira joia a redescobrir. Ela bem merecia ser valorizada, juntando-se a partir de agora à coleção de álbuns ilustrados de Astérix.

Este álbum ilustrado propõe um novo grafismo com uma paginação mais forte, para permitir que o leitor mergulhe mais a fundo nos textos e desenhos destes dois génios da nona arte. E para esse efeito, com o propósito de manter inalterável o genial argumento do seu amigo René Goscinny, Albert Uderzo pôde supervisionar, em finais de 2019, o minucioso trabalho de restauro que foi levado a cabo pelos seus mais fiéis colaboradores sobre ilustrações já de si absolutamente sublimes. Arte com letra maiúscula!

A partir de digitalizações das ilustrações do livro-disco de 1967, os colaboradores históricos de Albert Uderzo tiveram de recorrer a todo o seu talento druídico para restaurar os desenhos de acordo com a vontade do cocriador de Astérix. O mais difícil foi sem dúvida eliminar a trama da impressão, preservando na íntegra os maravilhosos traços a tinta de Albert Uderzo. Efetuaram igualmente uma atualização e uma calibragem das cores fiel ao acabamento original, tendo assim conferido a O Menir de Ouro um rejuvenescimento que vai seguramente congregar à sua volta não só os fãs históricos mas também novas gerações de leitores.

Além disso, para completar a experiência e permitir que os fãs de todas as gerações vivam esta aventura tal e qual a tinham imaginado os seus criadores, uma gravação áudio deste álbum ficará também disponível online, gratuitamente.
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
62,921,205
>