"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

"Coração de Vidro" de José Mauro de Vasconcelos

Este volume reúne quatro fábulas sobre seres vivos afetados pela irresponsabilidade humana. Histórias simples e tocantes de amor e perda.


As quatro histórias que compõem este livro têm como cenário uma fazenda no Brasil e estão ligadas entre si. Os protagonistas são seres vivos inocentes que são afetados pela irresponsabilidade e pela insensibilidade do Homem.

São eles: um pássaro azul, um peixe vermelho, um cavalo louro e uma mangueira frondosa, cheia de sonhos. O tempo passa e as mudanças fazem-se sentir no espaço e na vida de todos os seus habitantes.

«Coração de Vidro é de 1964. Ainda era uma época em que não se falava tanto assim na destruição do equilíbrio ecológico do Planeta. Mesmo assim, como se previsse o que viria, o livro transforma a relação do ser humano com a natureza — e a preservação do meio ambiente — em histórias simples, mas tocantes, de amor e perda. Tantos anos depois, estas fábulas estão aqui para nos fazer pensar que deixar para trás essa magia tem que ver com os riscos à sobrevivência da Terra.» in Leitura Complementar de Luiz António Aguiar

Sobre o autor
José Mauro de Vasconcelos nasceu no Rio de Janeiro em 1920 e faleceu em São Paulo em 1984. Descendente de portugueses, o autor teve vários empregos durante a adolescência, viajando depois por todo o Brasil e por vários países europeus. O seu primeiro grande êxito foi Rosinha, Minha Canoa (1962). Em 1968 publicou o seu livro mais conhecido, O Meu Pé de Laranja Lima, adaptado para televisão, cinema e teatro. Pelo conjunto da sua obra, é considerado um autor clássico da literatura juvenil do século XX. Em 1967, recebeu o Prémio Jabuti de Romance, o mais importante prémio literário brasileiro.

Primeiras páginas aqui.
Editora Fábula
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
61,483,505
>