"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

As "aparições da Virgem Maria" em Portugal que a Igreja Católica não reconhece

Mais de cem anos depois das «aparições» de Nossa Senhora aos três pastorinhos, a fé continua inabalável.


O momento em que Lúcia, Jacinta e Francisco viram as suas brincadeiras infantis interrompidas por uma explosão de luz jamais será esquecido e é celebrado até aos dias de hoje. A 13 de maio, milhares de pessoas continuam a deslocar-se em massa até ao Santuário.
Os motivos são privados. A crença religiosa é transversal. O que poucos sabem é que esta não foi a única vaga de «aparições» de Nossa Senhora em Portugal. Na verdade, não foi sequer a primeira de que há registo. As coincidências são tantas que, em maio de 1917, até houve outra «aparição» de Nossa Senhora… mas no Barral. E antecedeu Fátima por três dias.
Numa obra histórica surpreendente e profundamente documentada, o historiador Joaquim Fernandes conta-nos a história de outras 16 «aparições» da Virgem Maria em Portugal - assim mesmo, entre aspas, porque muito continua por explicar. Entre 1757 e 1998, várias «aparições» foram rejeitadas pela Igreja Católica. Porquê? O que é que Fátima tinha que faltava a todos os outros? Terá sido apenas sorte? Ou uma decisão consciente? Algumas perguntas permanecem sem resposta, mas os relatos ficam para a História - e, graças a Joaquim Fernandes, veem agora a luz do dia.

Sobre o autor:

Cofundador do Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência (CTEC), da Universidade Fernando Pessoa, doutorou-se em História na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Interessa-se particularmente pela antropologia religiosa comparada, com destaque para os fenómenos da religiosidade popular e da espiritualidade, mitos e cosmologias, e o debate entre ciência e religião.
É membro de vários organismos internacionais e coordenador internacional do MARIAN Project, que estuda as dimensões culturais e científicas dos fenómenos religiosos e «aparicionais», como Fátima, tema a que dedicou várias obras, em coautoria com Fina d’Armada, traduzidas para inglês, castelhano, italiano e francês.
Autor de 18 livros, está biografado no Dicionário das Personalidades Portuenses do Século XX (Porto Editora, 2001).

Título: As outras «Fátimas»
Subtítulo: As «aparições da Virgem Maria» em Portugal que a Igreja Católica não reconhece
Género: Religião, História.
Nº de páginas: 256
P.V.P.: 14,90 €
Editora: Manuscrito


Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "BANDIDO"

Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites duplos para a antestreia do novo filme de Allan Ugar, que terá lugar no próximo dia 3 de outubro, em Gaia e Lisboa. Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados!  

Visitas
70,591,210