"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

"Inesperadamente (amei-te)" de Sandra Baeta

Um conjunto de textos inspiradores sobre perda, saudade, felicidade e paixão.


Porque é que este livro é (inesperadamente) perfeito para ti?

Porque te recordará o toque de quem amas e devolver-te-á ao abraço de quem nunca deveria ter-te deixado partir.

Porque te fará sentir tudo o que o tempo silenciou e escondeu no brilho do teu olhar. Porque te dirá que os caminhos mais difíceis são pisados por pés corajosos como os teus.

O que é o amor? Os cientistas falam num mecanismo biológico, os religiosos traduzem-no na figura de deuses e santos, os filósofos dividem-se ao catalogá-lo algures entre desejo de posse e uma fonte de inspiração. Mais de 350 mil anos de existência depois, ainda ninguém conseguiu chegar a uma resposta definitiva. Talvez faça sentido que assim seja - o amor é demasiado especial para ser traduzido em meras palavras.

Sandra Baeta não tem a ambição de conseguir explicar o que é o amor numa única frase, mas aceitou o desafio de o fazer em 200 textos. Da perda à saudade, da dor ao perdão, da felicidade ao êxtase, do laço romântico até àquele que une familiares, amigos e até desconhecidos. O amor é tão mágico quanto duro, tão belo quanto feio, tão puro quanto sujo. O amor é tudo e, simultaneamente, absolutamente nada. O amor és tu, sussurrado em cada página, numa dança de palavras escritas para não serem compreendidas na sua plenitude, tal e qual o amor.

Sobre a Autora

Sandra Baeta nasceu em Forjães, concelho de Esposende, em 1986. Quando era pequena (de tamanho), queria ser pintora, bailarina, polícia e camionista. Eram demasiados sonhos para escolher um só! Quis o destino que (por engano) acabasse por estudar Informática Aplicada, para logo de seguida lhe trocar as voltas e fazer dela uma comercial têxtil rabugenta (também por engano).

A única coisa que nunca mudou foi o seu amor pela escrita. O papel é o guardião mais fiel dos seus segredos e as palavras que nele surgem dão sentido a qualquer engano. Em dezembro de 2016, criou uma página com o seu nome para partilhar as suas confidências com o mundo - e o mundo apaixonou-se pelas suas palavras.

Tem dois livros publicados: Palavras a Nu - Pedaços de mim para ti e Veludo Vermelho.

Título:  Inesperadamente (amei-te)
Subtítulo: Textos inspiradores sobre perda, saudade, felicidade e paixão para todos os dias da tua vida.
Género: Não ficção
Nº de páginas:  216
Data de saída: 2 junho 2021
P.V.P.:  12,90 €

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
66,777,995