"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "O HOMEM QUE VENDEU A SUA PELE"

Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites duplos para as antestreias do novo filme de Kaouther Ben Hania, que terão lugar no dia 22 de junho (terça-feira), em Lisboa e Porto. 

Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!
 


ANTESTREIAS
:: 22 de junho [3ª feira] * 20h30

Lisboa - Cinemas UCI, El Corte Inglés
Porto - Cinema Trindade

O HOMEM QUE VENDEU A SUA PELE
(THE MAN WHO SOLD HIS SKIN)

Um filme de Kaouther Ben Hania
100 minutos 

***

Nomeado aos Óscares, na categoria de Melhor Filme Internacional.

 

Sam Ali, um jovem sírio, sensível e impulsivo, deixou o seu país e viajou para o Líbano, para escapar à guerra. Para poder viajar para a Europa e viver com o amor da sua vida, ele aceita tatuar as suas costas por um dos mais propícios artistas contemporâneos. Transformando o seu próprio corpo numa obra de arte de prestígio, Sam irá, no entanto, perceber que a sua decisão pode realmente significar tudo, menos liberdade.

 

Este filme é um encontro entre dois mundos; o mundo da arte contemporânea e o mundo dos refugiados: dois mundos selados que são governados por códigos totalmente diferentes. Por um lado, temos um mundo elitista estabelecido onde a liberdade é a palavra-chave e, por outro lado, temos um mundo de sobrevivência impactado por eventos atuais em que a falta de escolha é a preocupação diária dos refugiados. O contraste entre esses dois mundos no filme mostra uma reflexão sobre liberdade. Quando o refugiado Sam conhece o artista Jeffrey, ele diz-lhe: "Você nasceu no lado direito do mundo". O problema é que vivemos num mundo onde as pessoas não são iguais. Apesar de cada vez mais se falar em igualdade e direitos humanos, a história cada vez mais complexa e contextos geopolíticos garantem que haja inevitavelmente dois tipos de pessoas: os privilegiados e os condenados.

O filme é um pacto faustiano entre privilegiados e condenados. Sam Ali concorda em vender as suas costas para o diabo porque ele não tem escolha, e assim ele entra na esfera elitista e codificada da arte contemporânea por uma porta improvável. Ele é exposto, vendido, empurrado de um lado para o outro. Confrontado com um destino excecional, nas garras de um conflito interno doloroso, Sam Ali tentará recuperar a sua dignidade e a sua liberdade.
- Notas da Realizadora.



ESTREIA NOS CINEMAS DIA 24 DE JUNHO!


:: PASSATEMPO ENCERRADO ::
... e os VENCEDORES são:

LISBOA
Ana Sofia Cabanelas Cafum Marrocos
Ângela Semedo
Cláudia Barros Pebre Rodrigues
Gisela Maria Dias Pinheiro
Hugo Miguel Loureiro Algarvio
Luís Filipe Mendes Rufino
Luís Henrique Magina Oliveira
Maria Helena Amaral
Olga Corça
Tiago Miranda

PORTO
André Fernandes Rosa
Eva Graça
Ricardo Bastos


Parabéns aos vencedores e votos de Bom Filme!
O nosso agradecimento a todos os participantes.


Agenda
Ver mais eventos
Visitas
60,105,145
>