"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

O próximo filme interpretado por Emily Watson chama-se Fado! e vai ser rodado em Lisboa

A atriz reencontra-se com Richard E. Grant, num filme centrado na história de um casal que comemora 30 anos de matrimónio com uma viagem a Lisboa.


Os atores Emily Watson e Richard E. Grant, que já tinham contracenado em Gosford Park (2001), de Robert Altman, vão protagonizar uma comédia romântica dirigida por Jason Wingard e intitulada Fado!, que deverá ter filmagens em Lisboa, noticiou a revista Variety.

O filme, ainda na fase de projeto, deverá ser apresentado pela Protagonist Pictures no mercado do filme de Cannes (Marché du Film), a decorrer nos próximos dias 21 a 25 de junho, adiantaram vários títulos internacionais especializados em espetáculo, como a Variety ou a Dateline.

Com guião de Andrea Mann, Fado! segue as personagens de Linda, interpretada por Emily Watson, uma mãe de família e cantora, que é também aficionada por palavras cruzadas, e o seu marido, Jim, um professor de música interpretado por Richard E. Grant, em vésperas de celebrarem os 30 anos do seu casamento com uma viagem a Lisboa. Antes da partida, Linda descobre “um segredo que vai abalar” a sua vida em comum. Vinte anos depois de Gosford Park, é a primeira vez que os dois atores se reencontram no grande ecrã.

Além das cenas filmadas em Lisboa, parte de Fado!, segundo a informação de pré-produção, deverá ainda ser rodada em Wolverhampton, no Reino Unido.

O realizador Jason Wingard, que conquistou o prémio revelação do cinema independente em 2017, com In Another Life, é conhecido sobretudo pelo trabalho regular em televisão, em produções de ficção como The Brink, documentários como The Uncertain Kingdom ou direção de episódios de séries como Coronation Street. Em 2018 estreou a sua segunda longa-metragem, a comédia Eaten by Lions, bem recebida pela crítica no Festival de Edimburgo e no London Indian Film Festival, onde foi premiada.

Os nomes dos produtores já adiantados para Fado! incluem Gareth Wiley, que trabalhou com Woody Allen em Match Point (2005) e Vicky Cristina Barcelona (2008), e Giulia Salvadori, produtora em  Viagem a Itália (2014), de Michael Winterbottom.

Ainda de acordo com a imprensa internacional, a produção portuguesa deverá contar com a Disfarce – Produção Audiovisual, de Geraldo Fernandes, que tem na sua lista de trabalho produções como Ministério do Tempo, Amália, o Filme, Call Girl e Os Mutantes.

O presidente da Protagonist Films, Dave Bishop, e os produtores executivos Luane Gauer e George Hamilton, que procuram agora financiamentos internacionais, elogiaram, à Variety, o “humor e a inteligência” do argumento, e a personagem “fabulosa” composta por Emily Watson, Linda que “vai em busca de respostas”, quando “descobre uma verdade desagradável”.

Fado! é exatamente o tipo de catarse alegre e cheia de esperança que ressoará no público”, disse Luane Gauer, citada pela Variety.

A produtora executiva considerou Emily Watson e Richard E. Grant os atores ideais para Fado!.

Nomeados para os Óscares pelo seu desempenho em filmes como Ondas de Paixão (1996), de Lars von Trier, e Hilary and Jackie (1998), de Anand Tucker, no caso de Watson, e Memórias de uma Falsificadora Literária (2018), de Marielle Heller, no caso do Grant, ambos somam cerca de 30 anos de carreira e centenas de personagens construídas, no teatro, no cinema e na televisão”.

O Guarda-Costas e a Mulher do Assassino, de Patrick Hughes que esta quinta-feira chega às salas portuguesas, inclui um dos mais recentes trabalhos de Richard E. Grant no cinema. Emily Watson tem, entre os seus mais recentes desempenhos, o da psiquiatra forense Emma Robertson, que protagoniza a produção britânica Too Close.


por Lusa in Público | 17 de junho de 2021
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Jornal Público

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
60,103,590
>