"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

"No Tempo dos Girassóis" de Martha Hall Kelly

Uma história arrebatadora de mulheres presas num país à beira do colapso, numa sociedade às voltas com o nacionalismo e a crueldade racial, uma história ainda hoje tão relevante.


Inspirado em testemunhos reais, No Tempo dos Girassóis oferece uma visão vívida e detalhada da experiência da Guerra Civil, desde as plantações bárbaras e desumanas, a uma cidade de Nova York devastada pela guerra e aos horrores do campo de batalha.

Georgeanna «Georgy» Woolsey destoa do mundo das festas luxuosas e do recato das mulheres da sua posição. Por isso, quando a guerra assola a nação, Georgy segue sua paixão pela enfermagem, num tempo em que os médicos consideravam as mulheres na frente de batalha um incómodo. Ao provar que estavam errados, Georgy e a irmã, Eliza, aventuram-se de Nova York a Washington e a Gettysburg, testemunhando os horrores da escravidão quando se envolvem no esforço de guerra.

No sul, Jemma é escravizada na plantação Peeler, em Maryland, onde vive com a mãe e o pai. A irmã, Patience, é escravizada na plantação vizinha, e ambas vivem com medo de LeBaron, um capataz abusivo que controla cada movimento delas. Quando Jemma é vendida pela cruel dona da plantação, Anne-May, ao mesmo tempo que o exército da União aparece, vê, então, finalmente, uma hipótese de escapar? mas que implica abandonar a família que ama.

Anne-May fica a administrar a plantação Peeler quando o marido se junta ao exército da União e o seu querido irmão se alista. No comando da casa, Anne-May usa a oportunidade para seguir as próprias ambições e é atraída para uma rede secreta de espiões do Sul, acabando por se expor ao destino que merece.

AUTORA
Martha Hall Kelly

Martha Hall Kelly nasceu em Nova Inglaterra, mas tornou-se nómada, dividindo o seu tempo entre Nova Iorque, Atlanta e Geórgia. Trabalhou em publicidade durante muitos anos e criou três crianças magníficas enquanto investigava para escrever Mulheres sem Nome (Minotauro, 2018), o seu primeiro livro, que se tornou um bestseller instantâneo.

Editora Minotauro

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
66,779,051