"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Alguma vez conhecemos de facto alguém?

Porto Editora publica "Não me perguntes", bestseller do New York Times com assinatura de Jeff Abbott e que nos coloca a questão: até onde iria para proteger a sua família?
 


«A mãe do Ned está morta no parque.» Frase crua e arrepiante que, no arranque de Não me perguntes, imprime desde logo o tom de suspeita que domina o novo thriller de Jeff Abbott. Nesta história, não há um protagonista único, à volta do qual todas as figuras e ações giram: aqui todos os personagens são fundamentais para a (des)construção do puzzle final. Combinando narrativa na terceira pessoa, transcrições de interrogatórios policiais e excertos de diários, neste mistério todos duvidam de todos, até mesmo de si próprios. «As pessoas são boas até o deixarem de ser», avisa-nos o autor.
O livro estará disponível nas livrarias a 26 de agosto.

SOBRE O LIVRO 
Título: Não Me Perguntes
Autor: Jeff Abbott
Tradução: Carlos Sousa de Almeida
Páginas: 376
PVP: 17,70€ 

Não Me Perguntes
Em Lakehaven, um próspero e pacato bairro de Austin, Texas, o corpo de Danielle Roberts é descoberto num banco de jardim pelo próprio filho, Ned. Estimada naquela comunidade, Danielle era uma advogada especialista em processos de adoção internacional que ajudara a levar as alegrias da parentalidade a muitas famílias locais. A violência do crime choca profundamente Lakehaven. No entanto, talvez ninguém esteja tão devastado como os Pollitts, que viviam a duas casas de Danielle e que a viam quase como um membro da família. O homicídio e a investigação policial subsequente desencadearão um turbilhão de suspeitas e intrigas. «Farei o que for preciso para o salvar», promete Julia Pollitt, referindo-se a Ned. «Os teus pais sempre te mentiram» é dito num e-mail anónimo dirigido a Grant, o filho adotivo dos Pollitts. «Ninguém poderá saber a verdade agora», pensa o pai, Kyle. «Não me perguntem o que faria para proteger a minha família», afirma convictamente a mãe, Iris. Os Pollitts sempre acreditaram que estariam lá uns para os outros. Porém, quando começam as suspeitas no seio da família, a força dos laços que os unem será duramente testada, resultando num thriller fascinante sobre as consequências fatais de determinadas perguntas.

CRÍTICAS DE IMPRENSA 

«Abbott usa a sua habilidade como escritor para criar uma narrativa complexa e ambiciosa que parece direta, mas está cheia de reviravoltas e pistas falsas, […] sem cair em clichés ou exageros. O mistério funciona por causa das fantásticas personagens […]. Aqueles que gostam de histórias imprevisíveis nunca poderão errar ao mergulharem no universo de Jeff Abbott.»
The Washington Post

«Abbott escreve com conhecimento de causa sobre os protocolos, muitos deles exasperantes, de adoção de crianças. Também demonstra uma real compreensão da montanha-russa emocional por que passam os casais nesses processos.»
The New York Times Book Review

«Ninguém expõe melhor os pontos fracos e os aspetos mais sombrios da América suburbana do que Abbott; e este seu último [ thriller ], que retrata as relações entre famílias unidas por um processo de adoção no estrangeiro, é bastante espetacular.»
The Boston Globe

SOBRE O AUTOR 
Jeff Abbott
Escritor norte-americano, é licenciado em História e Inglês pela Universidade de Rice e trabalhou como diretor criativo numa agência de publicidade antes de se dedicar à escrita. Autor de vários livros de suspense e mistério, já esteve nomeado três vezes para o Edgar Allan Poe Award e duas vezes para o Anthony Award. Em 2012 venceu o International Thriller Writers Award. Atualmente vive em Austin com a mulher e os dois filhos. No catálogo da Porto Editora figuram já os seus romances Queda, Beijo Fatal, A Primeira Regra e Culpa. 
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
62,983,766
>