"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Transformar a história de Cuba numa ficção apaixonante

Porto Editora publica "Quarteto de Havana – Volume II", de Leonardo Padura, a continuação das aventuras policiais de Mario Conde
 


Depois do sucesso do primeiro volume de Quarteto de Havana – que esteve várias semanas nos tops de vendas e vai já na 2.ª edição – a Porto Editora dá continuidade à publicação das aventuras de Mario Conde, «um detetive em Havana, sorna, esperto, no limite entre o legal e o sem lei, muito divertido», nas palavras de Paulo Portas. Morte em Havana e Paisagem de Outono compõem Quarteto de Havana – Volume II, no qual Leonardo Padura representa magistralmente o ambiente cubano, sem deixar de lado o refinado humor que o leitor tão bem lhe conhece.
O livro estará disponível nas livrarias a 26 de agosto. 

SOBRE O LIVRO 
Título: Quarteto de Havana – Volume II
Autor: Leonardo Padura
Tradução: Helena Pitta
Páginas: 436
PVP: 18,80€ 

Quarteto de Havana – Volume II
Em Morte em Havana, é encontrado o corpo de um homem: trata-se do filho de um respeitado diplomata cubano, estrangulado com a faixa de seda vermelha que devia cingir a cintura do imponente vestido que usava quando foi assassinado. Para resolver este estranho caso, o tenente Mario Conde começa por falar com Marqués, um homossexual excêntrico, desterrado num casarão decrépito, que lhe apresentará o mundo labiríntico do travestismo, onde nada é o que parece.
Em Paisagem de Outono, Miguel Forcade Mier é brutalmente assassinado e cabe a Mario Conde descobrir por quem e porquê. Depois da Revolução, a vítima havia sido responsável pela expropriação de bens artísticos à burguesia, o que lhe permitiu conquistar poder, influência e muitos ressentimentos. Porém, acaba por decidir mudar-se para Miami, ficando lá até pouco antes da sua morte. Mas que veio Mier fazer a Cuba? Que queria ele recuperar? Conde, perito nas teias da corrupção cubana, tudo fará para deslindar o mistério.
Ver primeiras páginas

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Padura escreve de forma magnífica sobre esta cidade abatida e frustrada.»
The Guardian

«Padura é descaradamente sensual em tudo: desde a comida, as mulheres, a morte e o tempo, até ao desencantamento ideológico.»
The Atlantic

«Através das vidas de Conde e dos seus desafortunados amigos […] os cubanos ficaram a conhecer as misérias da realidade havanesa das drogas ou da prostituição masculina e feminina que se praticava em algumas esquinas da cidade.»
El País 

SOBRE O AUTOR 
Leonardo Padura

Nasceu em Havana em 1955. Licenciado em Filologia, trabalhou como guionista, jornalista e crítico, tornando-se sobretudo conhecido pela série de romances policiais protagonizados pelo detetive Mario Conde, traduzidos para inúmeras línguas e vencedores de prestigiosos prémios literários, como o Prémio Café Gijón 1995, o Prémio Hammett em 1997, 1998 e 2005, o Prémio do Livro Insular 2000, em França, ou o Brigada 21 para o melhor romance do ano, além de vários prémios da crítica em Cuba e do Prémio Nacional de Romance em 1993. Em 2012, recebeu, também em Cuba, o Prémio Nacional de Literatura pelo conjunto da sua obra. E, em 2015, foi galardoado com o Prémio Princesa das Astúrias das Letras.
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
66,778,618