"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Município de Loulé envia livros para a Guiné-Bissau

Em colaboração com a Embaixada da Guiné-Bissau em Lisboa, a Câmara Municipal de Loulé irá enviar uma carga de livros para a Guiné-Bissau, destinados às escolas e instituições daquele país.


No total são 9 paletes com 190 caixas de livros que irão rumar a África. A grande maioria dos livros, de carácter didático, é constituída por manuais escolares usados que deixaram de ser adotados pelas escolas, e que foram doados para esta causa por todos os agrupamentos do concelho de Loulé. Refira-se que a iniciativa partiu do antigo diretor do Agrupamento de Escolas Padre Joaõ Coelho Cabanita, Professor Rodolfo Campos da Silva.

Por outro lado, esta encomenda contempla ainda publicações da Autarquia e livros pertencentes ao fundo documental da Biblioteca Municipal de Loulé, o que irá permitir também levar para a Guiné-Bissau um pouco da história e cultura deste concelho.

Toda a recolha dos livros e o transporte até Lisboa é da responsabilidade da Autarquia, enquanto que os serviços da Embaixada irão assegurar a viagem rumo à Guiné-Bissau.

Esta iniciativa inscreve-se também na geminação que o Município de Loulé celebrou com o homólogo guineense de Bissorã, firmada a 20 de março de 2001, com o objetivo de cimentar laços e reforçar a cooperação entre as duas cidades no campo social, cultural, educativo, entre outras. Na altura foram enviados medicamentos para dar resposta às necessidades da população local em termos de saúde.

“Este é mais um momento importante neste acordo de geminação nascido há mais de 2 décadas. Somos povos amigos e irmãos e temos ainda muito a aprender e a dar um ao outro. E é isso que estamos a fazer localmente, especialmente nesta área tão importante que é a da educação”, refere Vítor Aleixo.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
66,779,098