"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Habitação social de Álvaro Siza em exposição de Jordi Burch

Fotografias de Jordi Burch, dedicadas aos projetos de habitação social do arquiteto Álvaro Siza, irão estar expostas na Casa das Artes no Porto.

Imagem do livro 'Como está o início depois do fim?' de Jordi Burch


No total serão 47 fotografias, da autoria de Jordi Burch, dedicadas aos projetos de habitação social da autoria do arquiteto Álvaro Siza e que irão estar expostas, a partir das 17h de sábado, na Casa das Artes no Porto. O arquiteto e o fotógrafo irão estar presentes na inauguração para uma conversa de apresentação da exposição.

A génese de Como está o Início depois do Fim? remonta a 2016, quando Jordi Burch acompanhou Álvaro Siza numa viagem de revisitação aos seus projetos de habitação social: o Bairro da Bouça (Porto), Bonjour Tristesse (Berlim), Schilderswijk West (Haia) e Campo di Marte (Giudecca, Veneza). Ao longo dos anos muitos fotógrafos registaram as obras de Álvaro Siza. Regra geral, centram-se na representação da obra, no espaço, nos volumes, na luz. A demanda de Burch centra-se no tempo e na presença transformadora dos ocupantes.

No início é o lugar e a ideia, que o desenho serve. Segue-se o projeto e a construção. Depois, vêm os ocupantes da obra e uma outra história começa. A forma como a ocupam modela uma nova vida, sobre a qual o arquiteto deixa de ter controlo. E o tempo vai deixando sucessivas marcas. É esta história, muito mais longa e marcante, que Jordi Burch acaba por explorar”, escreve Teresa Siza, irmã de Álvaro Siza, no texto que acompanha a exposição. “Longe da convencional fotografia de arquitetura, Jordi Burch assume uma aposta arriscada que, com segurança, vence, abrindo interrogações, convidando a um esforço de interpretação. E ela deixa no seu trabalho uma forte marca autoral.”

Jordi Burch nasceu em Barcelona em 1979 e passou a viver em Portugal em 1981. Estudou fotografia no Ar.Co - Centro de Arte e Comunicação Visual, em Lisboa, e desde 2008 vive entre São Paulo e Lisboa. Entre as suas atividades destacam-se as exposições Neighbourhood (2016) na Bienal de Arquitectura de Veneza e Centro Cultural de Belém em Lisboa, ou as Durações do rasto (2018) na Fundação Iberê Camargo, Brasil. Em 2018 publicou o livro Como está o início depois do fim? (Tinta da China). A mostra ficará patente na Casa das Artes no Porto de 7 maio a 29 de junho.


in Público | 5 de maio de 2022
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Jornal Público

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "SENTIMENTAL"

Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites duplos para a antestreia da comédia espanhola "Sentimental" de Cesc Gay, que terá lugar no próximo dia 18 de maio em Lisboa e Gaia.  Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados! 

Passatempo

Ganhe convites para o concerto de MARIO LUCIO E OS KRIOLS

Em parceria com o Auditório de Espinho, oferecemos convites duplos para o concerto que terá lugar no próximo dia 13 de maio (sexta-feira), às 21h30. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores apurados.

Visitas
66,680,402