"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Oito estabelecimentos reconhecidos como Lojas com História

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou o reconhecimento de oito estabelecimentos como Lojas com História.

Foto de Nuno Ferreira Santos

A Ginjinha Popular, Drogaria Adriano Duque, Esfera da Sorte, Estórias na Casa da Comida, pub Grog, Quiosque de São Paulo, Varina da Madragoa e O’Gillish Irish Pub foram agora classificados como Lojas com História, o que lhes concede maior proteção para assegurar a sua permanência nestes locais.Lisboa tem assis

tido a vários despejos de lojas antigas que fazem parte da sua identidade. Por força da lei das rendas, da pressão imobiliária e da crise económica, os comerciantes tiveram de fechar portas. Por essa razão, a Câmara Municipal de Lisboa, criou em fevereiro de 2015, o programa Lojas com História para proteger as lojas mais emblemáticas da capital portuguesa e preservar a história destes espaços. Na passada quarta-feira foi aprovado por unanimidade, na reunião pública da câmara, o reconhecimento de mais oito estabelecimentos.

No início do ano, a União de Associações do Comércio e Serviços disse de que já terão encerrado mais de 150 estabelecimentos pré-selecionados como Lojas com História enquanto aguardavam os processos das candidaturas.


por Júlia M. Tavares in Público | 30 de julho de 2022
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Jornal Público

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
69,374,504