"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Daniel Jonas vence Prémio Literário Fundação Inês de Castro

Com a obra Cães de Chuva, uma edição da Assírio & Alvim, Daniel Jonas é o vencedor do Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2021, iniciativa anual que distingue obras de prosa ou poesia escritas em língua portuguesa sobre motivos do mito inesiano ou outros aspetos da representação histórico-cultural portuguesa.


José Carlos Seabra Pereira presidiu o júri também composto por Isabel Pires de Lima, Mário Cláudio, Isabel Lucas e António Carlos Cortez. «[…] Daniel Jonas confirma a solidez da sua criação literária e a originalidade que o torna um dos mais estimulantes poetas da poesia portuguesa contemporânea. […] Cães de Chuva é um livro a celebrar, por um poeta, dramaturgo que aprofunda e dá densidade à sua marca poética enquanto passa para a língua portuguesa alguns dos livros e autores mais exigentes da língua inglesa. A notável experiência do tradutor parece contaminar, no melhor sentido, uma poesia nunca acomodada a temas e a fórmulas», elogia o júri.

A cerimónia oficial de entrega do prémio realiza-se na Quinta das Lágrimas, em Coimbra, no primeiro trimestre de 2023.

SOBRE O LIVRO



Cães de Chuva
Mesmo lendo-o longe da fórmula do soneto, Daniel Jonas faz uso do verso livre não como uma muleta arbitrária para melhor exprimir o que inquieta o seu universo, mas como uma arma sem paralelo na poesia portuguesa. Em Cães de Chuva, é precisamente na malha rigorosa que é tecida através da topografia do espaço, da arqueologia da palavra exata, que a sua voz marca o compasso.

Composição

A geometria desfaz-se
desmorona-se

como onda
em decomposição. 

Título: Cães de Chuva
Autor: Daniel Jonas
N.º de Páginas: 128
PVP: 14,40 €
Coleção: Poesia Inédita Portuguesa 

SOBRE O AUTOR
Daniel Jonas
É poeta, dramaturgo e tradutor. Enquanto poeta, publicou, entre outros, Sonótono, que lhe valeu o prémio PEN de Poesia, e Nó, galardoado com o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes da APE. Foi ainda um dos sete poetas nomeados para o Prémio Europeu da Liberdade, pelo seu livro Passageiro Frequente, traduzido em polaco por Michal Lipszyc. Antes, tinha sido distinguido com o prémio Europa David Mourão-Ferreira, da Universidade de Bari/Aldo Moro, pelo conjunto da sua obra. Traduziu vários autores, entre os quais John Milton, Shakespeare, Waugh, Pirandello, Huysmans, Berryman, Dickens, Lowry, Henry James e William Wordsworth. Como dramaturgo, publicou Nenhures e escreveu Estocolmo, Reféns e o libreto Still Frank, todos encenados pela companhia Teatro Bruto.
Na Assírio & Alvim publicou ainda Bisonte (2016) e Oblívio (2017). Cães de Chuva é o seu mais recente livro de poemas. 

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para o filme "MELHORES AMIGAS"

Em parceria com a Zero em Comportamento, oferecemos 5 bilhetes duplos para ver o FILME DO MÊS, no próximo dia 10 de dezembro (sábado), pelas 18h00, na Biblioteca de Alcântara.Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Passatempo

Ganhe convites para o espetáculo VIGNETTE

Em parceria com o Auditório de Espinho, oferecemos convites duplos para o evento que terá lugar no próximo dia 9 de dezembro (sexta-feira), pelas 21h30. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Visitas
73,334,749