"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Já são conhecidos os vencedores do Sophia Estudante 2023

A Academia Portuguesa de Cinema anunciou este domingo, 5 de março, em Albufeira, os vencedores da 9ª edição do Sophia Estudante, nas categorias de Animação, Documentário, Ficção, Experimental, Cartaz e Mestrado/Doutoramento.

Das 39 curtas-metragens a concurso foram distinguidas 15 e duas receberam menções honrosas.

Na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação, “A Semente que Palpita” de Marta Ribeiro, Alice Afonso, Tiago Pimenta e Laura Pires, Universidade do Algarve foi a vencedora. Esta categoria contou ainda com “Juni e Evy” de Matilde Senos, University for the Creative Arts e “TUNDRA” de Daniel Monteiro da Escola Superior de Media Artes e Design em ex aequo no segundo lugar.

“Enquanto houver Ovelhas” de João Mendes Pinto da Universidade Católica Portuguesa - Escola das Artes foi o vencedor na categoria de Melhor Curta-Metragem Documentário. “Panem Aurorae” de Inês Catita, Universidade Católica Portuguesa - Escola das Artes, e “Natan” de Cátia Alpedrinha e Catarina Eduardo, da ETIC - Escola de Tecnologias, Inovação e Criação, ocupam o segundo e terceiro lugar, respetivamente. Foi ainda atribuída uma menção honrosa a ”Um Dia Um Rio” de Diana Caneira, da Escola Superior de Arte Design das Caldas da Rainha do Politécnico de Leiria.

O prémio de Melhor Curta-Metragem Experimental foi entregue a Diogo Bento da Universidade Lusófona pela realização de “Esqueci-me que tinha Medo”. “City Life” de Afonso Carreira e Raul Reis, da ETIC, e “O Tempo Escreve a Vermelho” de Patrícia Fernandes, da Universidade da Beira Interior, ocupam o segundo e terceiro lugares, respetivamente.

“Encoberto”, de Rodrigo Rebello de Andrade, da Escola Superior de Teatro e Cinema foi o vencedor na categoria Melhor Curta-Metragem de Ficção. O segundo lugar foi ocupado por “O Tempo e a Vontade de Ficar” de Henrique Linhales Rangel, da Universidade da Beira Interior, e “Vanette” de Maria Beatriz Castelo, da Universidade Lusófona, ficou na terceira posição.

O prémio de Melhor Curta-Metragem de Mestrado e Doutoramento foi para “Corpo e Paisagem” de Raquel Medeiros, da Escola Superior Artística do Porto (ESAP). Na segunda posição ficou “O Abafador” de Silvana Torricella da Escola Superior de Media Artes e Design, enquanto “Midnight Glow” de Pedro Hasrouny, da Universidade Lusófona, recebeu o prémio do terceiro lugar. A Academia Portuguesa de Cinema atribuiu ainda uma menção honrosa à curta-metragem “O Que Ainda Não Tem Nome” de Cybelle Mendes, da Universidade da Beira Interior.

Na categoria de Melhor Cartaz, o vencedor foi “Tundra” de Daniel Monteiro da Escola Superior de Media, Artes e Design. “Faísca” de Laura Equi, da Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve ficou em segundo lugar, enquanto “The Space in Between” de Joana Dantas, da Universidade do Minho, e “Utopia” de Beatriz Carmo e Carlos Brás, da ETIC – Escola de Tecnologias, Inovação e Criação, ficaram em ex aequo no terceiro lugar.

Os primeiros classificados das categorias Animação, Documentário, Ficção e Experimental ficam assim entre os candidatos a nomeados para o grande Prémio Sophia Estudante, que será entregue na cerimónia dos Prémios Sophia 2022, a realizar a 21 de maio no Casino do Estoril.

Recorde-se que os Prémios Sophia Estudante 2023 regressaram pelo segundo ano consecutivo a Albufeira, que recebeu cerca de 200 participantes. Durante o fim-de-semana, os jovens cineastas puderam assistir a uma masterclass de João Nunes, “Work in Progress: A escrita audiovisual no Século XXI”; num debate sobre a importância da escrita para as imagens em movimento com a colaboração da Associação Portuguesa de Argumentistas e Dramaturgos, intitulado “No Princípio era o Verbo” e também na conversa “Mitos e Lendas”, com Frederico Serra e Nuno Soler, onde se discutiu a adaptação do mundo para cinema e televisão.

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "ÉPOCA DE CAÇA"

Em parceria com a Films4You, oferecemos convites duplos para a antestreia da hilariante comédia francesa, "ÉPOCA DE CAÇA", sobre um casal que se muda para o campo e descobre que os vizinhos usam o jardim como campo de caça, desencadeando uma guerra entre vizinhos!

Passatempo

Ganhe convites para a peça "23 SEGUNDOS"

Em parceria com o CENDREV - Centro Dramático de Évora, oferecemos convites duplos para a peça "23 Segundos", pela Comuna Teatro de Pesquisa. Tratando-se embora de ficção, a ação inspira-se numa situação verídica ocorrida na Cadeia do Forte de Peniche, na primeira metade dos anos 50, durante a ditadura do Estado Novo. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Visitas
92,929,851