"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Duas galerias portuguesas participam na Feira de Arte e Antiguidades de Maastricht

Duas galerias portuguesas vão participar na 36.ª Feira de Arte e Antiguidades da European Fine Art Foundation (TEFAF), em Maastricht, nos Países Baixos, uma das maiores do mundo, entre sábado e 19 de março.

© Jorge Welsh, stand em montagem © São Roque - Antiguidades e Galeria de Arte

Entre as 270 galerias de mais de duas dezenas de países presentes no certame estarão as galerias portuguesas Jorge Welsh e a São Roque, ambas de Lisboa e ambos antiquários.

Também estará presente a Galerie Mendes, fundada em Paris, em 2007, pelo galerista luso-francês Phillippe Mendes – que em 2015 doou uma tela da pintora portuguesa Josefa de Óbidos ao Museu do Louvre – e que possui igualmente um espaço expositivo em Lisboa.

Mendes irá levar à TEFAF sobretudo pintura portuguesa, francesa, italiana e espanhola dos séculos XVI a XIX.

Por seu turno, o antiquário Jorge Welsh, que também possui uma galeria em Londres, apresentará porcelanas orientais, e outras peças de arte relacionadas com os Descobrimentos portugueses.

A Galeria São Roque, de Lisboa, levará peças de arte continental portuguesa, nomeadamente pintura, mobiliário e cerâmica do século XVI a XVIII.

Arte antiga, moderna e contemporânea, desde pintura, escultura, desenhos e iluminuras, fotografia, e ainda manuscritos, livros, joalharia e objetos de ´design´ de todo o mundo são anualmente apresentados na feira de arte e antiguidades de Maastricht.

A edição de 2022 ficou marcada por um roubo de joias em pleno dia, durante o certame aberto ao público, que ficou avaliado em 27 milhões de euros, valor avançado pelo canal holandês NRC, mas que nem a organização nem a polícia chegaram a confirmar.

Na altura, as autoridades interrogaram dois suspeitos que acabaram por libertar, tendo circulado na Internet um vídeo realizado por um visitante, a mostrar um homem a partir vitrinas com uma marreta, enquanto soava um alarme e alguns visitantes fugiam do local.

Conhecida como uma das maiores do mundo no setor, a Feira de Arte e Antiguidades de Maastricht, é organizada pela TEFAF desde 1988 e recebe anualmente mais de 80 mil visitantes, desde curadores, diretores e conservadores de museus, peritos de leiloeiras, antiquários e colecionadores de todo o mundo. 

A TEFAF concedeu, em 2017, cerca de 25.000 euros ao Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, para apoiar os trabalhos de restauro dos azulejos dos séculos XVII a XVIII da Capela das Albertas, iniciados na altura.

Em 2012, a entidade criou um fundo para ajudar museus e instituições de todo o mundo a restaurar e conservar obras de arte antiga das suas coleções.


Fonte: Lusa | 7 de março de 2023

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
92,445,993