"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Para entender os mundos de ontem e hoje

Assírio & Alvim publica Foi Ele?, de Stefan Zweig. Na presente ocasião é ainda reeditada a derradeira obra do autor austríaco, Novela de Xadrez. 

Originalmente publicado no Rio de Janeiro, em 1942, Foi Ele? assenta numa densa narrativa de relações de poder, colocando sub-repticiamente a questão: será que a ascensão de um ditador é causada pela nossa inação? Uma história que permanece tão atual hoje como na época em que Stefan Zweig a escreveu e que tem uma ligação próxima com Novela de Xadrez, agora reeditado. Nesta extraordinária novela psicológica – escrita entre 1938 e 1941, no exílio brasileiro, e só publicada postumamente –, o autor austríaco oscila, de novo com inigualável mestria, entre um enorme suspense e uma reflexão pungente sobre o nazismo.

Os livros já se encontram em pré-venda aqui e aqui

SOBRE OS LIVROS 


Foi Ele?

Betsy e o marido, reformados, vivem tranquilos numa pacata propriedade junto de Bath. Até que um dia o jovem casal Limpley decide comprar a casa ao lado. Enquanto John é enérgico, Ellen mostra-se recatada, mas a dinâmica do casal mudará para sempre quando os vizinhos decidem oferecer-lhes Ponto, um cachorro aparentemente inofensivo. A devoção fanática de John para com o cão terá consequências nefastas e imprevisíveis.

Autor: Stefan Zweig
Tradução: Francisco de Nolasco Santos
Páginas: 72
PVP: 8,85 €
Coleção: Gato Maltês 
Ver primeiras páginas 


Novela de Xadrez

Os passageiros de um navio que parte de Nova Iorque com destino a Buenos Aires descobrem que a bordo segue com eles o campeão do mundo de xadrez, um homem arrogante e pouco amigável. Rapidamente se forma um grupo que procura testar os seus conhecimentos de xadrez jogando com o campeão, apenas para conhecer uma clamorosa derrota. É então que um misterioso passageiro avança para os aconselhar, e o rumo dos acontecimentos se altera. Onde adquiriu ele este domínio magistral do jogo do xadrez, e a que custo?

Título: Novela de Xadrez
Autor: Stefan Zweig
Tradução, apresentação e notas: Álvaro Gonçalves
Páginas: 104
PVP: 13,30 €
Coleção: Imaginário  
Ver primeiras páginas 

SOBRE O AUTOR

Stefan Zweig
Nasceu a 28 de novembro de 1881 em Viena e é um dos mais importantes autores europeus da primeira metade do século xx. Dedicou-se a quase todas as atividades literárias: foi poeta, ensaísta, dramaturgo, novelista, contista, historiador e biógrafo. De ascendência judaica, empreendeu em 1934 um exílio voluntário da Áustria, então sob domínio do regime fascista de Dollfuss (austrofascismo), e viveu na Inglaterra, nos EUA e no Brasil, onde viria a suicidar-se em 1942. Da sua extensa obra, destacam-se as novelas Amok (1922) e Confusão de Sentimentos (1927), a biografia Magalhães, o Homem e o seu Feito (1937), o ensaio Brasil, País do Futuro (1941) e a autobiografia O Mundo de Ontem (1942). Novela de Xadrez foi a sua obra derradeira, concluída pouco antes do seu suicídio, a 22 de fevereiro de 1942. 
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
93,303,016