"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

O Natal é quando um serial killer quiser

Autora best-seller britânica, nomeada para vários prémios, Alexandra Benedict apresenta-se pela primeira vez aos leitores portugueses com o seu novíssimo Crime no Expresso de Natal, romance policial de cortar a respiração e que, em apenas alguns meses, conquistou os tops de vendas do Reino Unido.

Nele prova-se que o Natal é mesmo quando um serial killer quiser, e nem mesmo em maio os leitores poderão sossegar-se a bordo deste comboio com destino às Terras Altas da Escócia. Há um assassino à solta, e o amargo sabor do medo contrasta com a doçura de uma whisky tablet de Natal. Aos que tiverem coragem de subir a bordo deste comboio, a Guerra e Paz Editores, que agora publica a tradução para português de Nuno Carvalho, alerta: depois não digam que não foram avisados. Já disponível em pré-venda, Crime no Expresso de Natal chega à rede livreira nacional no dia 30 de maio de 2023.

Não. Não vamos escamotear os factos: Alexandra Benedict vê em Agatha Christie uma referência inequívoca para a construção dos seus romances policias, e este Crime no Expresso de Natal, que agora apresenta em Portugal, não foge à regra. A jovem autora britânica é mesmo vista pela crítica como uma ousada versão da «mãe» do inconfundível Hercule Poirot, opinião partilhada pela também escritora britânica Kat Ailes, que considerou este livro «tão sinuoso como o clássico de Agatha Christie, mas com uma abordagem moderna, fresca e engenhosa». «Um mistério extraordinariamente envolvente e empolgante. Li sofregamente todas as páginas.» 

Neste thriller que conquistou o Reino Unido e está a somar traduções um pouco por todo o mundo, acompanhamos a assustadora jornada dos ocupantes de um comboio noturno com destino às Terras Altas da Escócia que descarrila e fica preso na neve, em plena véspera de Natal. Se faltar à consoada parecia ser o maior dos seus problemas, tudo piora quando se apercebem de que há um assassino em série à solta entre as carruagens. Quem será? Onde se esconde? Como ataca? 

Vamos a contas: há neste comboio dezoito passageiros, sete paragens e um crime. Bom, um crime para começar, porque, a partir do momento em que o serial killer começa a sua matança, quem dorme naquele comboio pode nunca mais acordar. Felizmente seguia a bordo do malogrado comboio Roz Parker, uma antiga inspetora da Polícia Metropolitana de Londres que decide impedir um massacre, iniciando uma investigação que porá tudo e todos sobre suspeita. Conseguirá esta mulher desvendar o mistério e salvar vidas? 

Amplamente elogiado pela escritora londrina Amanda Jennings, que o considerou «uma ótima leitura», «habilidosamente trabalhada», o Crime no Expresso de Natal promete agarrar os amantes de mistério, aventura e intriga às suas páginas. Esta é uma edição Guerra e Paz com tradução de Nuno Carvalho, já disponível em pré-venda no site oficial da editora e que chegará oficialmente à rede livreira nacional no próximo dia 30 de Maio. Conseguirão os leitores portugueses esperar para resolver este mistério?

Crime no Expresso de Natal
Alexandra Benedict
Ficção / Thriller
264 páginas · 15x20 · 17€
Guerra e Paz, Editores 

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
93,346,154