"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Concertos

Concerto com a cantora brasileira Branca Lescher

A cantora e compositora brasileira Branca Lescher faz pocket show na abertura da 1ª Exposição de Arte do Museu Internacional da Mulher,
no dia 22 de novembro,sexta-feira, às 18h30.

22 Nov   |  18h30

Fórum Grandela
Estr. de Benfica 419, 1500-078 Lisboa
Lisboa
Preço
Entrada livre

A convite de Kátia Canton, diretora artística e curadora do MIMA, Branca Lescher vai cantar na abertura da mostra coletiva de artistas lusófonos “Meu Corpo Minha Língua – Reflexos e reflexões sobre a condição feminina na lusofonia”, que vai decorrer no dia 22/11 no Fórum Grandela.
“É uma honra poder participar deste trabalho ao lado de artistas que admiro e desta instituição que deseja verdadeiramente entender e debater a questão da mulher. Vou cantar algumas canções do meu novo disco "Eu não Existo" que falam exatamente da mulher, principalmente de uma mulher madura , independente e que sabe o que quer”, comemora Branca.

No alinhamento do concerto, que é uma prévia do lançamento do novo CD, estão as canções "Dia da Mulher" , dela em parceria com Marcelo Segreto; "Lisboa", "Salvo conduto" e" Desisto", parcerias de Branca Lesher com Edmiriam Modolo;"Por telefone" parceria de Lescher com Paulo Pascali Jr; "Dia das mães" e a faixa-título "Eu não existo" de sua autoria, e para homenagear os compositores brasileiros "Estrada do Sol" de Tom Jobim e Dolores Duran.Para acompanhar o timbre suave e aconchegante da sua voz, estará o pianista brasileiro Marcelo Castilha radicado no Porto.

Esta é a quarta vez que Branca Lescher se apresentará em Portugal este ano. A cantora fez apresentações em diversos espaços e duas digressões pelo circuito da Fnac passando por vários cidades. Portugal a inspirou e nasceram novas canções, como "Bailado" um fado gravado em Lisboa, que recebeu além da voz de Branca, a voz da cantora portuguesa Cristina Clara e a guitarra portuguesa de Bernardo Couto. A artista também gravou um vídeo clip da canção "Lisboa", uma composição em homenagem a cidade.

“Eu não existo” novo CD da cantora que conta com a produção e arranjos de Marcelo Segreto está sendo mixado e a partir de fevereiro estará disponível nas plataformas digitais.


 
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
52,183,832
>