"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Festival Porto/Post/Doc reflete sobre "A Cidade do Depois"

A sétima edição do Porto/Post/Doc decorre em várias salas do Porto, com 109 filmes ao todo. Tem um passe 'online' que dá acesso a 58 dos filmes incluídos na programação.

20 Nov a29 Nov

Porto


Porto/Post/Doc 2020 mantém-se nas salas, mas em novo horário

O Porto/Post/Doc - Film & Media Festival vai manter-se nas salas. Respeitando os novos horários e medidas impostas pelo Governo, mas inflexível no seu compromisso com a vontade responsável de levar o cinema ao seu palco primordial, o festival portuense redesenhou a grelha de exibição por forma a garantir que todos os filmes e programas têm, pelo menos, uma passagem no grande ecrã. Os ajustes feitos concentram as sessões na semana entre 23 e 27 de novembro, alargando-se às tardes e propondo percursos diferenciados no Passos Manuel, Rivoli - Teatro Municipal do Porto e Planetário. A sessão de abertura, que promove a estreia do filme que junta David Byrne a Spike Lee (David Byrne's American Utopia) mantém-se a dia 20 de novembro, sendo antecipada para as 19h00 no Grande Auditório do Rivoli. A sessão de encerramento, que exibirá MLK/FBI, passa para sexta, dia 27, às 19h00, também na sala maior do Teatro Municipal do Porto. 

A distribuição por dias e salas pode ser consultada no PROGRAMA DIÁRIO disponível no  site. Recordamos ainda que o festival contará com uma extensão online, onde serão mostrados a maioria dos filmes programados para este ano. A mesma ficará disponível em online.portopostdoc.com e poderá ser usada até 13 de dezembro. 

O Porto/Post/Doc é realizado em parceria com a Câmara Municipal do Porto, contando com o apoio do Ministério da Cultura e do Instituto do Cinema e Audiovisual e o mecenato da Fundação “la Caixa”/BPI. 



Com obras oriundas dos vários cantos do mundo, o festival propõe um calendário diverso e adaptado às necessidades de hoje com estreias nacionais, conversas, entrevistas a realizadores, sessões para famílias e uma academia destinada a pensar novas formas de produção de conteúdos realizada em parceria com o Canal 180. 

Portugal, França, África do Sul, Laos, Espanha, Israel, Brasil, México, Argentina e Iraque são algumas das paragens propostas pela selecção da Competição Internacional que hoje se anuncia. Um programa composto por nove obras de produção recente que traçam olhares sobre questões sociais e políticas um pouco por todo o mundo. Histórias reais que nos levam pelo Bairro do Aleixo, a sua demolição e a forma como a sua comunidade resiste (A Nossa Terra, O Nosso Altar, de André Guiomar), pelas fronteiras entre o Brasil e o Uruguai na viagem de duas personagens de espectros políticos opostos em busca de José Mujica (Partida, de Caco Ciocler) ou pelas comunidades agrícolas e remotas das montanhas argentinas, terra em colisão entre o humano e o divino, o térreo e o místico (Piedra Sola, de Alejandro Telémaco Tarraf). Histórias em migração que nos trazem novas pistas sobre as relações emergentes entre a África e a China (Days of Cannibalism, de Teboho Edkins), a forma como as crianças de uma vila nas montanhas perto de Mosul revivem um século da história do Iraque para compreender o seu presente (Sandlines, The Story Of History, de Francis Alÿs), e as vinhetas sobre a vida quotidiana palestiniana sob ocupação israelita (Of Land and Bread, Ehab Tarabieh). Histórias compostas de afectos como as de Xana, France, Hugo e Nadine em volta do lago Nam Ngumat (Goodbye Mister Wong, de Kiyé Simon Luang), da rendição ao amor como proposto no texto Bucólicas de Virgílio (Amor Omnia, de Yohei Yamakado) ou do que se revela num diário íntimo de uma mulher com passado próspero (My Mexican Bretzel, Nuria Giménez).

Dando continuidade ao trabalho iniciado em anteriores edições, o PPD volta a propor um olhar sobre o cinema espanhol recente com quatro obras recentes: Land Underwater, de Maddi Barber, Lúa vermella, de Lois Patiño, Work Or To Whom Does The World Belong, de Elisa Cepedal e Bendito Machine Saga, de Jossie Malis. Com curadoria do realizador Eloy Domínguez Serén, um programa sobre cinema sueco, composto por: The Great Adventure, de Arne Sucksdorff, They Call Us Misfits, de Stefan Jarl e Jan Lindkvist, e A Swedish Love Story, de Roy Andersson. Novidade ainda, a parceria com o festival espanhol In-Edit, que aqui apresenta três documentários de música: Niños Somos Todos, de Sergi Cameron, Autoluminescent: Rowland S. Howard, de Lynn-Maree Milburn e Richard Lowenstein, e Liberation Day, de Morten Traavik e Ugis Olte. No Planetário do Porto, local de exibição mais inusitado do festival, passarão três filmes panorâmicos que convidam o espectador a mergulhar numa viagem de sensações. Para as famílias, duas sessões matutinas de fim-de-semana com um programa adaptado a crianças maiores de 4 anos. 

Novidade este ano é também a 180 Media Academy, um programa de formação complementar para estudantes e jovens profissionais do sector media e audiovisual que procura explorar os novos paradigmas da produção contemporânea. Reunindo um conjunto de oradores não conformistas, esta apresentará um programa que pensa novas formas de contar histórias através de outras plataformas e meios de distribuição. O programa tem uma componente presencial, a ter lugar sábado, dia 21 de novembro, completando-se, posteriormente online, entre os dias 24 e 27 de novembro de 2020 com uma série de masterclasses, conferências, projeções e desenvolvimento de projetos. O 180 Media Academy resulta de uma colaboração entre a plataforma media Canal180 e o festival de cinema Porto Post Doc e o programa completo pode ser consultado em: https://academy.180.pt.

As novas confirmações juntam-se aos já anunciados programas A Cidade do DepoisTransmission, Competição Cinema Novo, Competição Cinema Falado e Highlights. O Porto/Post/Doc regressa entre os dias 20 e 29 de novembro em duplo formato: sessões em sala no Rivoli, Passos Manuel e Planetário do Porto, e uma programação paralela em VoD na plataforma Shift72. A programação total do evento será revelada nas próximas semanas. Mais informações podem ser consultadas em https://www.portopostdoc.com

O Porto/Post/Doc é realizado em parceria com a Câmara Municipal do Porto, contando com o apoio do Ministério da Cultura e do Instituto do Cinema e Audiovisual e o mecenato da Fundação “la Caixa”/BPI. 

SELEÇÃO COMPETIÇÃO INTERNACIONAL
A Nossa Terra, O Nosso Altar
, André Guiomar, Portugal, 2020, DOC, 77'
Amor Omnia, Yohei Yamakado, França, 2019, DOC, 11'
Days of Cannibalism, Teboho Edkins, França, África do Sul, Holanda, 2020, DOC, 78'
Goodbye Mister Wong, Kiyé Simon Luang, Laos, França, 2020, FIC, 106'
My Mexican Bretzel, Nuria Giménez, Espanha, 2019, FIC, 72'
Of Land and Bread, Ehab Tarabieh, Israel, 2019, DOC, 89'
Partida, Caco Ciocler, Brasil, 2019, DOC, 93'
Piedra Sola, Alejandro Telémaco Tarraf, Argentina, México, Qatar, Reino Unido, 2020, FIC, 72'
Sandlines, The Story Of History, Francis Alÿs, Iraque, 2019, FIC, 61'

SELEÇÃO CINEFIESTA
Land Underwater, Maddi Barber, Espanha, 2019, DOC, 50'
Lúa vermella, Lois Patiño, Espanha, 2019, FIC, 84'
Work Or To Whom Does The World Belong, Elisa Cepedal, Espanha, 2019, DOC, FIC, 65'
Bendito Machine Saga, Jossie Malis, Espanha, 2006, 2018, ANI, 54'

SELEÇÃO CARTE BLANCHE ELOY DOMÍNGUEZ SÉREN
Programa apoiado pela Embaixada da Suécia
The Great Adventure, Arne Sucksdorff, Suécia, 1953, DOC, 91'
They Call Us Misfits, Stefan Jarl, Jan Lindkvist, Suécia, 1968, DOC, 100'
A Swedish Love Story, Roy Andersson, Suécia, 1970, FIC, 115'

SELEÇÃO CARTE BLANCH IN-EDIT
Autoluminescent: Rowland S. Howard, Lynn-Maree Milburn, Richard Lowenstein, Austrália, 2011, DOC, 110'
Liberation Day, Morten Traavik, Ugis Olte, Letónia, Noruega, 2016, DOC, 100'
Niños Somos Todos, Sergi Cameron, Espanha, 2019, DOC, 95'

Mais informações podem ser consultadas em https://www.portopostdoc.com

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para o concerto de Théo Ceccaldi e Roberto Negro

Ceccaldi e Negro são duas estrelas em ascensão no panorama do jazz europeu e sobem ao palco do Auditório de Espinho no dia 27 de novembro (sexta-feira), para um concerto muito especial. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores! 

Visitas
55,203,341
>