"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Teatro e Dança

"Comédia de Bastidores" chega à sala virtual do Teatro Nacional São João

Autor anglófono mais representado em todo o mundo, Alan Ayckbourn é um praticante do “divertimento teatral” e um refinado experimentalista, arriscando nas suas peças as combinações mais inusitadas.

24 Fev a9 Mar

Online

O casamento burguês, o adultério, os conflitos de classe e as pequenas obsessões são alguns dos temas desta Comédia de Bastidores (1972), um exemplo maior daquela tonalidade ambígua que alguém um dia qualificou de “dolorosamente divertida”.

Dividida em três atos, cada um deles tendo como pano de fundo três sucessivas (e nada festivas) ceias de Natal, Comédia de Bastidores é um retrato impiedoso, mas não isento de ternura, de um certo arrivismo social, que alguns leram como uma premonição da sociedade que triunfaria durante o consulado de Margaret Thatcher.

A encenação faz vibrar a rigorosa partitura de Ayckbourn na corda tensa entre a quase frivolidade e o negrume, daí ressoando uma imensa solidão.

Comédia de Bastidores marcou o saudado regresso de Nuno Carinhas ao palco do São João. Por ocasião da estreia, em 2020, o realizador Luís Porto gravou o espetáculo, agora disponível na nossa sala virtual.

Uma coprodução Assédio, São Luiz Teatro Municipal e TNSJ.

Adquira o seu bilhete (2 euros) aqui.
Se já tem bilhete aceda à sala virtual aqui.
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
57,145,834
>