"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

Primeira exposição antológica de António Bolota

A primeira exposição antológica de António Bolota, Mão-de-Obra, com curadoria de Bruno Marchand, é apresentada, nas galerias da Culturgest, em Lisboa.

9 Abr a19 Set

Culturgest
Rua Arco do Cego 50, Piso 1, 1000-300 Lisboa


Num espaço cuja arquitetura foi modificada de forma a moldar-se às obras escolhidas para esta Mão-de-Obra, a exposição acompanha de perto alguns momentos do percurso de António Bolota desenvolvidos nos últimos 15 anos. Dá a conhecer várias obras de grande escala, confrontando o público com vivências de dúvida, surpresa, perigo ou incredulidade.

Uma oportunidade de ver ou rever peças fundamentais no percurso do artista, reconstruídas para esta exposição, bem como de conhecer trabalho inédito criado especificamente para o espaço da Culturgest.

Muito do trabalho do artista parte de uma sensibilidade apurada do espaço e do modo como nele nos comportamos. Mais exatamente, dos elementos que estruturam os espaços que habitamos e que condicionam o modo como vivemos, interagimos e nos comportamos.

Muros, vigas, paredes, pilares, telhas e todo o tipo de elementos que associamos ao universo da construção civil e que, de tão familiares, se tornam frequentemente invisíveis, fazem parte do universo escultórico de António Bolota. O que não é, de todo, familiar ou provável é o modo como o artista nos dá a ver estes elementos, frequentemente deslocados dos seus usos, dos seus locais, da sua escala e dos seus formatos habituais.

Como refere Bruno Marchand - programador de artes visuais da Culturgest e curador da exposição - "de certo modo, podemos dizer que as obras de António Bolota são como dispositivos analógicos de realidade aumentada. A sua função é criar as condições para que o aparentemente banal nos confronte com o impossível e nos ponha a lidar com a vertigem que se produz sempre que os nossos olhos veem algo que o nosso corpo não pode crer".

"A singularidade da obra de António Bolota está precisamente no tipo de experiência que nos propõe. Por um lado, ela passa pelo uso de materiais e de estruturas que associamos à construção civil, fazendo deste artista um caso muito particular dentro da já longa tradição da criação de objetos artísticos concebidos especificamente para interagir com o espaço que vai acolhê-las. Por outro lado, ela passa, frequentemente, por usar esses materiais e essas estruturas para confrontar o espectador com vivências de perigo, de espanto ou de incredulidade. Esse jogo tem um propósito muito específico: pretende instaurar os estados de alerta que dessas vivências decorrem e que garantem que oferecemos ao encontro com estas obras toda a nossa atenção", conclui Bruno Marchand.

Horário e bilhetes

No dia 9 de abril, a exposição está aberta das 11:00 às 22:00 e a entrada é gratuita. Nos restantes dias (de 10 de abril a 19 de setembro), o horário é de terça a sexta, das 11:00 às 18:00, sábado das 11:00 às 13:00 e domingo das 10:00 às 13:00. O entrada custa 5€ de terça a sábado e é gratuita ao domingo.

Sobre António Bolota

António Bolota nasceu em Benguela (Angola, 1962) e veio para Portugal em 1975. Vive e trabalha em Bicesse. Formou-se em Engenharia Civil pelo ISEL entre 1981 e 1985, mantendo o exercício desta atividade até à presente data.

Iniciou a sua formação artística em Desenho e Pintura, entre 1994 e 1998, na Escola Oficina de Artes e na Cooperativa Atitude, ambas em Cascais. Ingressou em 2001 na Ar. Co onde deu continuidade a esta formação, desenvolvendo os seus conhecimentos em Estética, História de Arte e Prática do Desenho, até 2003. De 2004 a 2007, na mesma escola, frequentou o curso de Escultura. Concluiu a sua formação artística ao frequentar o Curso Avançado do Ar. Co, entre 2006 e 2008.

Iniciou a prática artística em 2006 com a exposição coletiva Sem Título (Telhado) na Interpress, em Lisboa, mantendo esta prática e expondo regularmente o seu trabalho.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
58,033,120
>