"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Concertos

Domenico Lancelloti estreia "Raio" ao vivo

Domenico Lancellotti editou no primeiro trimestre de 2021 o seu terceiro disco - “Raio”. Agora, é tempo de apresentar este corpo de canções ao vivo pela primeira vez.

12 Jul   |  21h00

Teatro Maria Matos
Av. Frei Miguel Contreiras, 52, 1700-213 Lisboa

18 Jul   |  20h30

Casa da Música
Av. da Boavista 604-610, 4149-071 Porto


Os concertos estão agendados para dia 12 de julho, no Teatro Maria Matos, em Lisboa, e para dia 18 de julho, na Casa da Música (sala 2), no Porto. Os bilhetes já se encontram disponíveis nos locais habituais.

“Raio” foi aclamado pela crítica portuguesa e explora as raízes da música popular brasileira e a rítmica da electrónica. Segundo Domenico Lancellotti, "Raio" foi criado entre o Rio de Janeiro e Lisboa, num retrato dos tempos vividos que traz “um sentimento de reconstrução, renascimento e conexão com a floresta e seus espíritos”. No aguardado regresso aos palcos, que acontecerá em Lisboa e no Porto, o artista multidisciplinar será acompanhado por João Erbetta (guitarra e voz), Cláudio Andrade (teclados e voz), Sami Tarik (bateria e percussão) e Ricardo Dias Gomes (baixo e voz), em concertos que não deixarão de passar por temas dos seus primeiros dois discos “Cine Privê” (2011) e “Serra dos Órgãos” (2017).

Domenico Lancellotti é músico multi-instrumentista, compositor, cantor, performer, artista plástico e produtor. A sua obra caracteriza-se desde sempre por esta complementaridade, a par com múltiplas colaborações que tem empreendido com outros artistas. Nos anos 90, o carioca de ascendência italiana, formou uma banda de rock experimental - “Mulheres Que Dizem Sim”. Mais tarde, com Moreno Veloso e Alexandre Kassin, formou o colectivo “+2”, sendo ainda um dos co-fundadores da Orquestra Imperial. Enquanto músico, compositor, cenógrafo e director de arte, também já colaborou com artistas como Adriana Calcanhotto, Arto Lindsay, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chrissie Hynde, Gal Costa, Grupo Corpo, Christiane Jathay e muitos outros.


Ao longo da sua carreira, Lancellotti já criou projectos tão distintos como “Os Ritmistas” com Stephane San Juan, Dany Roland e Zero Telles,  “Dissonâmbulos”, onde desenvolveu esculturas sonoras performativas em galerias e auditórios, e integrou o “Rio Occupation London” - um colectivo artístico que tomou a cidade de Londres durante os Jogos Olímpicos em 2012.


No Teatro Maria Matos e na Casa da Música, em julho, esperam-se noites de celebração artística, imersas na criatividade de Domenico Lancellotti.


INFORMAÇÃO DE BILHETEIRA:

12 de julho | Teatro Maria Matos | Lisboa

Hora: 21h00
Preço dos bilhetes: 15€

Locais de venda: Bilheteira Teatro Maria Matos, www.ticketline.sapo.pt , e postos de venda da rede ticketline (Fnac, El Corte Inglês, Galerias Campo Pequeno, CCB, Casino de Lisboa, Teatro Tivoli BBVA, Time Out Mercado da Ribeira)
 
18 de julho | Casa da Música (sala 2) | Porto
Hora: 20h30
Preço dos bilhetes: 15€
Locais de venda: Bilheteira da Casa da Música e www.casadamusica.com



 
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
60,105,628
>