"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

Rio, uma geografia sentimental

Exposição de fotografia de João Henriques, com base na construção visual, experiencial e afetiva ao percurso e paisagem do Rio Nabão. 

30 Set a6 Nov

Galeria Santa Maria Maior
R. da Madalena 147, 1100-006 Lisboa


É uma “geografia” visual do percurso e paisagem, com expressa influência de Aby Warburg e uma forte conexão entre a água, as emoções e a exploração daquele território. Conjunto de retratos nunca antes mostrados, patente a partir de 30 de setembro na Galeria Santa Maria Maior.

Sinopse | João Henriques
O primeiro álibi que usei para faltar às aulas foi o rio Nabão. Em inícios de junho, o calor e a aborrecida disciplina de Trabalhos Manuais levaram a que uns imprudentes 11 anos de idade se arriscassem na exploração de águas mais refrescantes, aventura que terminaria na inevitável reprimenda parental. Passadas três décadas retornei a Tomar para estudar Fotografia, tendo o território do rio sido objeto da tese final de Mestrado. É num percurso entre a nascente, em Ansião, e a foz, a Sudeste de Tomar, ao longo do qual nasci eu e os meus pais, que se desenha esta “geografia sentimental”, título simultaneamente afetivo, pela ligação com as raízes e a história da família, e simbólico, pelas conexões entre a água e as emoções. Na exploração visual do território enquanto paisagem, a água e o rio são em simultâneo a superfície e a profundidade, a matéria algo imaterial que dá corpo e emergência a novas figuras, formas e narrativas. A uma construção inicial de pendor académico, bastante influenciada pelo pensamento teórico de Aby Warburg, onde existiam apenas fotografias de paisagem, juntam-se agora na galeria de Santa Maria Maior um conjunto de retratos nunca antes mostrados, num permanente retorno ao arquivo, à boa maneira warburguiana, que permite a continuação da construção visual, experiencial e afetiva desse lugar.

Inauguração: 30 setembro das 17h às 20h
30.09 a 06.11
Horário: 2ª a sáb. – 15h-20h

Acompanhe o evento no Facebook.

Entrada Livre, condicionada às normas de segurança da Direcção-Geral de Saúde, em vigor.

Agenda
Teatro e Dança

Feira de Outubro

AMAS - Auditório Municipal António Silva 27 Nov   |  21h00

Concertos

Maria Reis

Teatro Viriato 27 Nov   |  21h00

Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
62,830,547
>