"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Teatro e Dança

Tristão e Isolda

A criação TRISTÃO E ISOLDA, da coreógrafa Nélia Pinheiro, é apresentada no Teatro Angrense, na cidade de Angra do Heroísmo, Ilha Terceira, Açores, no próximo dia 06 de novembro.

6 Nov   |  21h30

Teatro Angrense
Rua da Esperança, 48 a 52 - 9700 Angra do Heroísmo

A realização do espetáculo representa a estreia das obras da coreógrafa na programação cultural dos Açores.

A criação teve estreia em 2018, em Castelo Branco, resultado de uma encomenda do Cine-teatro Avenida de Castelo Branco à coreógrafa Nélia Pinheiro.

A criação, embora acolha o título da ópera de Wagner, e se inspire nos momentos marcantes do libreto, não é uma revisitação da ópera. A obra desenvolve uma linguagem própria, fora da narrativa convencional, tem como indutores as questões que interessam trabalhar na atualidade à coreógrafa - a irracionalidade, o desejo, a dependência do ser humano perante o amor, a mulher (uma descida à sua condição feminina e erótica). Desenvolve uma proposta de linguagem multidisciplinar que potencia um discurso contemporâneo sobre a condição humana.

A criação observa o corpo feminino como território de expressão, como catalisador de pulsões, reservatório de memórias das diversas partes que o constituem, no vislumbre de uma anatomia onde o gesto surge ligado às onomatopeias, à memória visual, tátil e emocional.

A obra tem excertos musicais de Wagner, articulados com a música original criada pelo compositor César Viana. Os figurinos são da autoria de José António Tenente, a cenografia e adereços de cena são de autoria do cenógrafo Pedro Crisóstomo, o desenho de luz está a cargo do iluminador Nuno Meira.

A apresentação em Angra do Heroísmo é promovida pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, programação do Teatro Angrense com o apoio do Governo dos Açores.

Ficha artística e técnica
Direção | Coreografia NÉLIA PINHEIRO
Bailarinos GONÇALO ALMEIDA ANDRADE, NÉLIA PINHEIRO
Música Original CÉSAR VIANA
Música adicional RICHARD WAGNER Excertos da Opera “Tristão e Isolda”
Interpretação da Música Original (gravação) JOÃO ROIZ ENSEMBLE
Figurinos JOSÉ ANTÓNIO TENENTE
Cenografia PEDRO CRISÓSTOMO
Desenho de Luz NUNO MEIRA
Técnica PEDRO BILOU, FERNANDO DIAS
Direção de Produção RAFAEL LEITÃO
Produção CDCE 2018

Duração do espetáculo: aproximadamente 60 min, sem intervalo
Classificação maiores de 6 anos de idade

Uma encomenda do Cine-teatro Avenida de Castelo Branco
Coprodução CDCE, Cine-teatro Avenida de Castelo Branco, Município de Castelo Branco

Espetáculo produzido pela CDCE.
A CDCE é uma estrutura financiada pela
República Portuguesa –Cultura | Direção Geral das Artes
A CDCE tem o apoio da Câmara Municipal de Évora
Agenda
Concertos

Gil do Carmo

São Luiz Teatro Municipal 4 Dez   |  20h00

Ver mais eventos
Visitas
62,984,858
>