"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Cinema e Vídeo

Cineclube Campo Aberto na Brotéria

Entre janeiro e junho de 2022, o cineclube Campo Aberto acontece na Brotéria, com um percurso cinematográfico com seis paragens.

21 Jan a18 Mar

Brotéria
Rua de São Pedro de Alcântara, 3 - 1250-237 Lisboa

6 sessões, 6 filmes, 6 conversas, 12 curtas.

Ideias para fazer um filme? O Cineclube Campo Aberto na Brotéria lança uma open call para curtas-metragens — um concurso aberto a todas as pessoas, fora ou dentro do mundo do cinema.

Esta é uma iniciativa que resulta da parceria entre a Brotéria, a plataforma Esquilos para as Nozes e o cineclube Campo Aberto. Mais do que um ciclo de cinema, o Cineclube Campo Aberto na Brotéria é também uma ocasião para mostrar curtas-metragens originais: de artistas convidados e de qualquer pessoa que queira experimentar.

Para cada sessão do ciclo Cineclube Campo Aberto na Brotéria haverá um diferente subtema e uma diferente fase de candidatura. Cada concorrente é livre de escolher a que tema e a que sessão se quer candidatar.

PROGRAMA

I. FERIDA, 21 jan
Do espanto causado por uma ferida nasce um novo caminho: um lugar isolado, desconhecido, que nos abre à fragilidade escondida. Parar e olhar a ferida é o começo da cura.
Filme — No Quarto da Vanda (2000), Pedro Costa
Conversa — Juliana Campos e Paulo Ávila

II. CAMINHADA, 18 fev
Da sede abre-se caminho. No princípio existe o desassossego e uma escolha livre pelo movimento e, diante do caminhante solitário e desamarrado, revela-se a aridez dessa mesma liberdade.
Do caminho abre-se a história, que pode ser contada por nós ou por outros.
Filme — Sem Eira nem Beira (1985), Agnès Varda
Conversa — Teresa Chow

III. CONVERSAÇÃO, 18 mar
O deserto transforma-se, dando lugar ao encontro.
No encontro, converte-se o silêncio e os passos dados em vozes vivas e distintas, que despertam o caminhante solitário para outros e para o mundo.
Filme — Crónica de um Verão (1961), Jean Rouch/Edgar Morin
Conversa — Julien Fargetton

IV. COMUNIDADE
até 31 março 2022

V. TRANSFORMAÇÃO
até 30 abril 2022

VI. VER DE NOVO
até 31 maio 2022

Os autores das curtas-metragens selecionadas pelo júri para cada uma das seis sessões terão direito a um prémio no valor de 150€.

Mais informações:
http://www.esquilosparaasnozes.com/pt/2021/12/14/open-call-de-curtas-metragens/
https://www.broteria.org/pt/programa?opencall-cab

Dúvidas e submissões:
esquilosparaasnozes@gmail.com

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
66,778,160