"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Conferências

Cafés Históricos: Um Encontro de Ideias

Este Encontro marca o início do programa das comemorações do Centenário do Café Santa Cruz. O programa Um Café a Caminho do Centenário irá contemplar um conjunto de iniciativas que vão ocorrer entre maio de 2022 e maio de 2023.

20 Mai a21 Mai

Café Santa Cruz
Praça 8 de Maio 3000-300 Coimbra


O seminário: Cafés Históricos: Um Encontro de Ideias, resulta de uma parceria entre o Café Santa Cruz, de Coimbra, e a Associação dos Cafés com História de Portugal (ACH). O tema dos Cafés Históricos, o seu valor patrimonial, cultural e social, merece um novo destaque depois do Encontro realizado em 2018 com o tema “Os Cafés Históricos como Património Cultural”.

A missão do Café Santa Cruz, para além do serviço de cafetaria, é preservar, no seu espaço, hábitos que são apenas visíveis em Cafés carismáticos, onde folhear um jornal, ler um livro, agendar uma reunião, marcar um encontro de amigos, estudar ou conversar, são rituais a manter num local onde as tertúlias acontecem de uma forma informal. Este é um espaço de divulgação da cultura, com propostas que passam pela projeção de documentários e filmes, pela apresentação de contadores de histórias, pelo lançamento de livros e de revistas, pela música ao vivo, pelas mostras de artesanato e pelas exposições. A sua visão reflete o respeito pela sua história, pelas suas memórias e tradições, onde os valores contribuem para a construção de um legado consistente que possa ser fruído pelas gerações vindouras.

A missão da ACH é a promoção e a divulgação dos Cafés Históricos enquanto espaços patrimoniais, de valor inquestionável, que são símbolos da cultura, da identidade e da memória de Portugal. Os Cafés Históricos são locais únicos, com fortes atributos nos quais inevitavelmente nos deixamos envolver: a decoração, o ambiente, a arquitetura, mas também pelo seu valor patrimonial, pela sua história, pelas suas tradições e, principalmente, pela sua autenticidade e pela sua genuinidade. Há um valor que queremos continuar a preservar: os Cafés Históricos são os guardiões das nossas memórias e das nossas vivências.

Para além da sua missão aproveitamos para evidenciar os objetivos da ACH:

a) a promoção e a ativação de uma rede de cafés históricos nacional e europeia;

 b) divulgar os cafés históricos enquanto espaços de valor patrimonial material e imaterial, símbolos da memória e da identidade das comunidades onde se inserem;

c) contribuir, através das suas iniciativas, para o estudo, defesa e preservação dos Cafés Históricos;

d) contribuir para a manutenção destes espaços, conservando-os também como locais presentes nas nossas memórias e nas nossas vivências;

e) alertar, sensibilizar e estimular os diversos stakeholders para a inclusão dos Cafés Históricos nas rotas turísticas nacionais e internacionais;

f) criar parcerias com cafés nacionais e europeus, para desenvolvimento de projetos comuns, inclusivamente através da criação e da programação artística e da investigação académica;

g) potenciar a circulação de pessoas pelo território nacional, na descoberta deste património singular.

Objetivos
Neste Caminho para a celebração do Centenário do Café Santa Cruz é proposto, em parceria com a Associação dos Cafés com História de Portugal, a organização deste seminário. Para além de pretendermos semear a discussão, suscitar o debate, promover a partilha de experiências - de saberes e de boas práticas - em diferentes vertentes, estão definidos outros objetivos:

- a participação de instituições / entidades portuguesas que estejam associadas a Rotas Culturais Europeias;

- a apresentação do projeto Cafés no Caminho, uma rota de Cafés Históricos que estão no Caminho de Santiago, que começa em Coimbra e termina em Santiago de Compostela;

- a identificação dos desafios fundamentais para os Cafés Históricos no sentido de acompanharem as tendências do mercado sem que percam a sua identidade;

- refletir sobre a importância da criação do Dia Nacional do Café Histórico;

- refletir sobre diferentes temas relacionados com o Património Cultural, onde os Cafés Históricos se inserem;

- refletir sobre os desafios para o futuro, especialmente numa situação pós-COVID19;

- contribuir para que as histórias dos Cafés sejam contadas, relatadas, ouvidas e transmitidas de geração em geração, não só através do storytelling mas também através do storydoing;

- identificar a dimensão europeia das Rotas Culturais que passam por Portugal;

- promover a participação de Cafés Históricos de toda a Europa, onde os intervenientes poderão utilizar as diferentes plataformas digitais de comunicação existentes;

- utilizar o streaming como forma de promoção e divulgação dos conteúdos do programa deste seminário.

Para concretizarmos estes objetivos contamos com a presença, com os contributos e com as reflexões, de profissionais de diversos sectores. Para além dos painéis, a seguir discriminados, das reuniões de trabalho, dos intercâmbios, do networking, os convidados irão ainda usufruir de atividades complementares, como por exemplo a degustação de produtos de referência da gastronomia da região de Coimbra. Destacamos que, quer o seminário, quer o espetáculo musical de encerramento, serão transmitidos via streaming.

Conclusão
Os Cafés Históricos continuam vivos, dinâmicos, criativos, com pessoas, acompanhando as tendências do mercado, na procura da sua sustentabilidade económica, e vão deixar um legado histórico, patrimonial e cultural para as próximas gerações.

Este projeto contribuirá para tornar os Cafés Históricos mais próximos dos seus clientes e amigos, criando laços emocionais e relações duradouras através destes momentos inesquecíveis.

Este será o valor acrescentado que adicionamos ao tanto que já recebemos das gerações que nos antecederam …. Cuidando da nossa história, não a deixando ao abandono!

Programa

• 20 maio de 2022

9h15
Sessão de abertura
Breves intervenções das entidades convidadas
Câmara Municipal de Coimbra, Turismo de Portugal, Turismo Centro Portugal, União de
Freguesias de Coimbra, representante do Café Santa Cruz e da Associação dos Cafés com
História.

Intervenções de abertura (keynote speakers), via streaming:

10h00
Tema: Historic Cafés: the importance of a European Cultural Route
Orador: Stefano Dominioni
Executive Secretary, Enlarged Partial Agreement on Cultural Routes, Council of Europe;
Director, European Institute of Cultural Routes

10h30
Tema: O Património Cultural e os Cafés Históricos
Orador: Guilherme d´Oliveira Martins
Administrador Executivo da Fundação Calouste Gulbenkian

11h00
Coffee Break com música ao vivo
Degustação de produtos regionais

11h30
Painel: Rotas Culturais e Patrimoniais
Oradores:
Ana Rita Dias – Presidente da Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago
Duarte Pinheiro – Responsável pelo Departamento de Turismo da Rota do Românico
Ana Pagará – Diretora do Mosteiro de Alcobaça
Aida Carvalho – Diretora do Parque Arqueológico do Vale do Côa
Gabriela Marques – Chefe de Divisão de Cultura e Turismo, da C. M. de Aveiro
Marta Fortuna e Sandra Oliveira – Rota Histórica das Linhas de Torres
Teresa Andresen e Maria Matos Silva – Associação dos Jardins Históricos
Vasilis Stathakis – Presidente da Historic Cafés Route
Moderador: Manuel Lacerda (Direcção Geral do Património Cultural

13h15
Almoço

14h30
Painel: A importância do “Café Central” na vida das cidades
Oradores:
Helena Pires (Centro de Estudos e Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho)
Graça Índias Cordeiro (ISCTE –Instituto Universitário de Lisboa)
Carlos Fortuna (Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra)
Fernando Barrias (Café Majestic – 100 anos em 2022)
Moderadora: Clara Almeida Santos (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra)

15h45
Painel: Cafés Históricos – memória, autenticidade e salvaguarda
Oradores:
Ana Paula Castro Jiménez (historiadora, gestora cultural e avaliadora de antiguidades)
António Pedro Pita (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra)
Sofia Pereira (Coordenadora do projeto Lojas com História – C. M. de Lisboa)
Luís Machado (Café Martinho da Arcada – 240 anos em 2022)
Moderadora: Maria Calado (Presidente do Centro Nacional de Cultura)

17h00
Coffee break com música ao vivo
Degustação de produtos regionais

17h30
Painel: Do turismo massificado ao impacto do COVID 19 no turismo e no
património cultural – soluções para o futuro
Oradores:
Maria de Lurdes Craveiro (Diretora do Museu Nacional Machado de Castro)
Carlos Alves (Vila Galé Hotéis)
Tiago Quaresma (A Brasileira do Chiado – 117 anos em 2022)
José António Riveiro Codesido (Café Casino (Santiago de Compostela) – 150 anos em
2023)
Moderadora: Catarina Reis (Jornalista do jornal online A Mensagem)

19h00
Tema: Os Cafés Históricos da Península Ibérica: O projecto “Cafés no Caminho”
Orador:
Fernando Franjo (historiador, jornalista e gestor cultural)

19h30
Apresentação das conclusões do encontro
Fernando Franjo

20h00
Fado de Coimbra

21 maio de 2022

11h00
Apresentação do livro: Memórias do Café Derby (1929-2020)
Autor: Fernando Franjo
Apresentação: João Pinho (Historiador e Investigador)

17h00
Espetáculo musical de encerramento do Encontro:
Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra

Acontecimentos paralelos durante o mês de maio:
 Local: Café Santa Cruz
Exposição de livros dedicados aos Cafés Históricos
Pintura ao vivo
Exposição “Memória do Café Derby: Um Café de Cidade”
Exposição de aguarelas e fotografias de Cafés Históricos
Conversas informais entre os Cafés Históricos e as entidades presentes

+ Info:
http://www.cafesantacruz.com/
https://www.facebook.com/cafesantacruzcoimbra
https://www.instagram.com/cafesantacruz/

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
67,739,273