"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Literatura

Textemunhos – Festival Literário

De 5 a 8 de outubro, TEXTEMUNHOS é um festival promovido pelo Museu de Lamego, que toma a literatura como ponto de partida para um encontro transdisciplinar entre literatura e museus, arte, música, cinema, teatro e gastronomia.

5 Out a8 Out 2022

Museu de Lamego
Largo de Camões, 5100-147 Lamego
Preço
Entrada livre

«Com a finalidade de instigar uma maior cumplicidade do público com os livros e os museus, matérias particularmente sensíveis no que se refere aos hábitos culturais dos portugueses, todos podem participar e Textemunhar neste festival, que promove o acesso à cultura, num desdobramento da assinatura Museu de Lamego. Museu para todos», explica a diretora do Museu de Lamego, Alexandra Falcão.

Com programação a cargo de João Morales, Tiago Salazar e Alexandra Falcão, o festival arranca na Avenida Dr. Alfredo de Sousa, dia 5 de outubro, quarta-feira. Pelas 15h30, uma performance que toma como ponto de partida a tapeçaria flamenga da 1.ª metade do século XVI, “O Julgamento do Paraíso”, marca o arranque das atividades no primeiro dia, numa produção da Sons & Ecos, concebida e encenada por Raquel Coelho.

A sessão de abertura, agendada para as 16h00, inclui a apresentação do livro Um Museu para Todos O Olhar de Cada Um, uma obra de ficção, criada por alguns dos mais importantes ficcionistas portugueses da atualidade, cuja identidade será revelada.

O programa prossegue, no mesmo local, com a conversa aberta O poder da cultura, pelos livros e museus, com a participação de Fernando Ribeiro (chefe de Divisão da Cultura e Património do Município de Lamego), Alexandra Falcão (diretora do Museu de Lamego), Raquel Coelho (encenadora), João Morales (programador e jornalista) e Tiago Salazar (escritor e jornalista). A moderação estará a cargo de Catarina Machado (jornalista).

O dia seguinte, quinta-feira, 6 de outubro, começa às 11h00, no Museu de Lamego, com o espetáculo Palavras Talhadas em Rocha, dedicado à escrita de Miguel Torga, com leituras a cargo de João Morales, acompanhado pela violinista Maria do Mar e a violoncelista Helena Espvall.

Pelas 17h30, no Arquivo-Museu Diocesano de Lamego, terá lugar uma atividade dinamizada pela Universidade Sénior Jerónimo Cardoso de Lamego. A tarde prossegue com a inauguração da exposição A Face dos Livros | Arquivo Ephemera, que conta com a presença de José Pacheco Pereira, terminando com uma conversa com a fadista Aldina Duarte e a ilustradora Ana Biscaia sobre o livro de ambas, Manual Anti-Angústia.

Às 21h30, já no Museu de Lamego, terá lugar a apresentação do livro de contos Um Museu para Todos O Olhar de Cada um), uma obra coletiva concebida a partir de peças do espólio do Museu, contando com alguns dos mais conhecidos autores portugueses. Segue-se uma conversa, designada Estórias da História – Do Museu à Escola, da Escola à Literatura, entre Tiago Salazar e Alexandre Hoffmann Castela, com moderação de Alexandra Falcão.

A manhã do terceiro dia do TEXTEMUNHOS, 7 de outubro, inicia-se com Sílvia Alves, autora de diversos livros para a infância, contadora de histórias, que nos traz A Fábrica do Tempo, numa sessão pensada para as crianças do 2.º CEB, a decorrer no Museu de Lamego.

Sucede-se, no mesmo local, A Viagem na Literatura, uma sessão conduzida justamente por um dos nossos grandes autores de livros de viagens, Tiago Salazar, destinada aos alunos dos 2.º e 3.º CEB e Secundário. A ocasião será complementada pela entrega dos prémios da terceira edição do concurso escolar de Escrita Criativa Estórias [Im]prováveis.

Pelas 15h30, o Colégio de Lamego dinamiza Pelos Olhos do Colégio, uma sessão de leitura a várias vozes em torno da obra de Aquilino Ribeiro, escritor que ali estudou e é um dos nomes incontornáveis da literatura portuguesa, com uma obra onde o Norte se assume como um cenário por excelência.

O ficcionista e poeta angolano Ondjaki e o poeta José Alberto Postiga, poveiro, emigrado na Suíça, juntam-se a nós às 18h30, no Museu de Lamego, para a conversa O Português em Viagem, uma oportunidade para trocarmos experiências entre geografia bem distintas, unificadas pela Língua Portuguesa.

A partir das 20h00, a Escola de Turismo e Hotelaria do Douro - Lamego é palco de Romantismo, Presencismo (modernismo) e Novelas – Coordenadas históricas, socioculturais e linguísticas, um original jantar literário.

A manhã do dia de encerramento do TEXTEMUNHOS, sábado, dia 8 de outubro, é ocupada com o espetáculo Lendas Portuguesas Contadas de Novo, concebido a partir do livro homónimo, levado à cena no Museu de Lamego. Segue-se uma conversa com o público, numa atividade concebida para famílias, a pensar, essencialmente, nas crianças entre 7 e os 11 anos.

Pelas 15h30 é no Teatro Ribeiro Conceição que tudo se vai passar ao longo da tarde. Assinalando o centenário do nascimento Nobel português da Literatura, teremos a leitura encenada do texto de José Saramago, Que Farei eu com este Livro, por João Pereira.

Pelas 16h00 a conversa é com Nuno Costa Santos e Ana Margarida de Carvalho, designada Memória: O Meu Museu Pessoal, moderada por Tiago Salazar.

E o TEXTEMUNHOS deste ano, encerra com a conversa agendada para as 17h00, Palavras: Património de Possibilidades, mais do que adequado tema, que junta Rui Cardoso e Filipa Melo, moderados por João Morales.

Programação paralela
Cinema | Exibição do filme de João Botelho, A Corte do Norte (2009), partir do livro homónimo de Agustina Bessa-Luís, cujo centenário de nascimento se celebra este ano, numa sessão, que contará com a participação do realizador, a acontecer no dia 4 de outubro, pelas 21h30, no Museu de Lamego.

Exposição | A Face dos Livros | Arquivo EPHEMERA. Com a curadoria de Carla Pacheco, a exposição assenta numa seleção de capas de livros de autoria de grandes ilustradores portugueses. A visitar no Museu Diocesano de Lamego, entre 6 de outubro e 31 de dezembro de 2022, de terça a domingo, 10h00-13h00;14h00-18h00.

Exposição | Viagem ao princípio de tudo. Projeto fotográfico de Paula Pinto. Enquanto técnica do Museu de Lamego, responsável pela gestão de coleções, Paula Pinto documentou diariamente os trabalhos de reabilitação do edifício e de conservação de coleções, registando centenas de imagens, que estão na origem da apresentação do 1.º Diário Visual: Operação «Museu de Lamego Museu para todos». No Museu de Lamego, de 6 de outubro a 6 de novembro, de segunda a domingo,10h00-12h30; 14h00-18h00.

Atividades passadas
De recordar, que ao longo do ano, o Museu de Lamego promoveu um conjunto de iniciativas inseridas já no contexto do projeto TEXTEMUNHOS, que arrancaram em abril, com a Conversa Um rico pano. Literatura e paisagem, realizada no âmbito da Semana da Leitura; em maio, no Teatro Ribeiro Conceição, foi levada à cena Cândido, ou O Optimismo, concebido a partir de Voltaire, numa produção e criação de Cantigas D’Alba e em junho, no Centro Interpretativo do Castelo de Lamego, teve lugar a conferência “O Arquivo Ephemera como nunca se Viu”, proferida por José Pacheco Pereira. Também o VII Ciclo de Cinema ao Ar Livre, decorrido em agosto, às sextas-feiras, em vários espaços da cidade, e não só, esteve em consonância com os livros e a literatura. Numa seleção do curador do ciclo de cinema, Sousa Dias, foram exibidos os filmes: O clube dos poetas mortos, de Peter Weir (1989); O leitor, de Stephen Daldry (2008) e a Rapariga que Roubava Livros, de Brian Percival (2014).

Promovido pelo Museu de Lamego, Textemunhos é um Festival Literário que conta com a parceria de Beiradouro – Associação de Desenvolvimento Local e Turismo do Porto e Norte, com os apoios de Agrupamento de Escolas de Latino Coelho, Arquivo Ephemera, Arquivo-Museu Diocesano de Lamego, Casa de Santo António de Britiande, Caves Raposeira, Colégio de Lamego, Escola de Hotelaria e Turismo do Douro – Lamego, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego, Município de Lamego/Teatro Ribeiro Conceição, Ponto de Fuga- Editora, Solumen – LamegArte, Sons & Ecos, Teatro Solo e Universidade Sénior Jerónimo Cardoso. Media partners: Antena 2 e Estação Diária Viseu - O Grito e o Cochicho.

Toda a informação e programa AQUI
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para "MUDA"

Em parceria com a Buzico! Produções temos o prazer de oferecer convites duplos para ver o espetáculo "Muda" no dia 1 de outubro (sábado) às 21h00, no Teatro da Comuna, Lisboa.  Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados.  

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "BANDIDO"

Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites duplos para a antestreia do novo filme de Allan Ugar, que terá lugar no próximo dia 3 de outubro, em Gaia e Lisboa. Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados!  

Visitas
70,671,046