"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Música

João Ventura, Wanda Sá, Bena Lobo, Sacundeia, Luiana

Em 2016, as comemorações da Implantação da República chegam mais cedo com o contributo de nomes grandes da música brasileira e angolana que vão encher de luz e som o palco do Teatro Villaret, em Lisboa.

4 Out   |  21h00

Teatro Villaret
Av. Fontes Pereira de Melo, 30 A, 1050-122 Lisboa


O espetáculo, que conta com as participações do virtuoso pianista JOÃO VENTURA, BENA LOBO, cantor e compositor, WANDA SÁ, prestigiada voz feminina da segunda vaga da Bossa Nova, LUIANA ABRANTES, compositora e intérprete luso-angolana, e SACUNDEIA, grupo de samba formado por jovens músicos brasileiros residentes em Lisboa, é da responsabilidade de HERMANO MAIA PRODUÇÕES.


JOÃO VENTURA – Sua aproximação com a nobre arte veio de berço. Apesar do estudo da música erudita na infância, o artista estabelece um forte contato com a “música de rua”. 
A aproximação, principalmente com o samba, torna-se cada vez mais íntima e o contato com a música de Chico Buarque, Djavan, Tom Jobim e companhia vai-se firmando na formação musical do artista que, ao produzir arranjos, promove um encontro entre estilos diferentes, preocupando-se com a harmonia entre eles.

>>Vídeo


BENA LOBO – Cantor e compositor brasileiro em sintonia com seu tempo, Bena Lobo produz uma música pop, contemporânea, a partir dos elementos brasileiros que formaram sua carreira. É uma mistura empolgante e sofisticada de samba, baião, afoxé e xote que caracterizam o seu trabalho e que estão presentes nos quatros álbuns já editados. Bena Lobo traz na bagagem influências do pai, o cantor e compositor EDU LOBO e da mãe WANDA SÁ, com quem dividirá o palco.

>>Vídeo


WANDA SÁ, A MAIS PERFEITA TRADUÇÃO (RENOVADA) DA BOSSA NOVA – Grande voz feminina da segunda “turma” da Bossa Nova. Em 2013 teve seus três primeiros discos relançados em edições desenhadas com esmero pelo selo Discobertas. Bossa Nova Anos 60 que reúne seu disco de estreia, Vagamente (1964), e os dois discos que lançou no ano seguinte Brasil 65 e Softly. Dona de uma vasta discografia, são 15 CDs gravados e uma voz linda que encanta por onde se apresenta, Wanda fez uma trajetória ligada aos grandes compositores do movimento da Bossa Nova, recebendo o título de intérprete da pegada jazzística dentro da música popular brasileira.

>> Vídeo

LUIANA ABRANTES, Talento Angolano – Compositora e intérprete luso-angolana nascida e criada em Angola até a adolescência, Luiana representa um dos talentos mais promissores da nova vaga de canto-autores angolanos, influenciada pela música tradicional portuguesa e popular brasileira. Numa fase de progressiva exaltação das músicas de Angola (que vão gozando de crescente prestígio internacional) e do aparecimento de novos e inspiradores talentos musicais, Luiana, com a sua idiossincrasia musical, consegue a proeza de ser inédita dirigindo-se, ao mesmo tempo, para Angola e para o mundo. Neste concerto ela estará fazendo um contraponto entre o semba e o samba.

>> Vídeo

SACUNDEIA – Grupo de samba criado em janeiro de 2014, formado por jovens músicos brasileiros residentes em Lisboa, surgiu da necessidade de fazer surgir um grupo de samba com qualidade, novidades, modernidade, produção, profissionalismo e inovação, em uma linguagem atual, até então não existente em Portugal. Oriundos de outros grupos de samba, os integrantes do Sacundeia trazem na bagagem, experiencias e vivências diversas, em várias tendências e estilos musicais, inspirados por artistas e grupos como Casuarina, Sambô, Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Diogo Nogueira e Chico Buarque, entre outros. Formado por Betinho Mateus (Voz), Iro Borges (Voz e Cavaquinho), Beto Souza (Voz e percussão), Eron Gabriel (bateria) Jackson Azarias (baixo) e Derek Viana (Violão).

>> Vídeo

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
60,235,684
>