"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Teatro

25 de Abril: Divina Surpresa — Trigo Limpo Teatro ACERT

Este espetáculo terá uma linha de tempo descontinuada. Não se deseja que Eduardo Lourenço seja um personagem estereotipado, ainda que o seu pensamento possa povoar simbolicamente “o pó do tempo”. 

31 Mai 2024  |  21h30

Teatro Académico de Gil Vicente
Praça da República | 3000-343 Coimbra
Pretende-se que a narrativa tenha como ponto de partida S. Pedro do Rio Seco e 1923; que percorra itinerários de liberdade, inconformismo e visão cosmopolita.

“Quem vê o seu povo, vê o mundo todo”. Numa peça que pretende ser um tributo a Eduardo Lourenço e ao 25 de Abril, viramos o nosso olhar para S. Pedro, uma terra de ficção povoada por figuras que remetem para um passado comum. Acompanhamos em S. Pedro a história de um povo proibido de sonhar, e de uma rapariga que, vivendo as chagas da brutalidade e da repressão, busca forma de replantar o sonho através da lição retirada de um livro proibido que lhe chegou às mãos de forma inesperada. Não desejando que Eduardo Lourenço surja como personagem estereotipado, o seu pensamento e a sua história de vida povoam simbolicamente o ‘pó do tempo’ desta S. Pedro e dos seus habitantes, cujos itinerários de liberdade e inconformismo, ou de conformação ordeira e obediência vamos acompanhando, à medida que conhecemos os acontecimentos que levaram a que se tornasse uma terra de proibição e recalcamento. — Trigo Limpo Teatro ACERT

A partir de Eduardo Lourenço
História Pedro Leitão
Texto e dramaturgia José Rui Martins, Pedro Leitão
Encenação José Rui Martins
Interpretação Elenco Trigo Limpo teatro ACERT, Grupo Coral de Maçainhas - Melo Vox – Coro de Câmara, Atores e atrizes do Distrito da Guarda
Afonso Cortez, Agostinho da Silva, Alcina Rebelo, Ana Couto, Ana Freire da Silva, António Rebelo, Bárbara Oliveira, Carlos Rebelo, Dulce Gomes, Henrique Silva, Ilda Teixeira, Irene Leitão, Jeni Cardona, Joana Sequeira Mendes, João Costa, Madalena Rodrigues, Manuel Tavares, Martim Santos, Mia Henriques, Miguel Coelho, Pedro Leitão, Pedro Sousa, Pompeu José, Rita Santos, Sandra Santos, Tomás Pires
Direção musical Rita Lourenço
Cenografia Rosa Martins
Direção de Montagem Pompeu José, Zé Tavares
Execução de cenografia e adereços Rosa Martins, Fernando Merino
Carpintaria de cena Por Medida
Figurinos Eva Pereira
Assistência de figurinos Sandra Santos
Execução de Figurinos Ecolã
Desenho de luz e som Ricardo Leão
Som Eduardo Martins, Luís Viegas
Comunicação e fotografia Daniel Nunes
Produção Marta Costa, Raquel Costa
Agradecimento António Fonseca e Costa, António Pedro Pita, Ecolã, Filipe Almeida, João Claro, Manuela Cruzeiro, Rui Jacinto, Teatro Aquilo
Promotores associados TMG - Teatro Municipal da Guarda, Centro de Estudos Ibéricos
Participação especial Teatro Académico de Gil Vicente
Espetáculo no âmbito Celebração dos 50 anos do 25 de Abril e Centenário do nascimento de Eduardo Lourenço

auditório TAGV
duração aprox. 1h00
M6

€7/€5
Bilhetes
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia de ORIGIN, DESIGUALDADE E PRECONCEITO

Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites duplos para a antestreia do filme "ORIGIN" - drama da realizadora Ava DuVernay, nomeado ao Leão de Ouro no festival de Veneza. A antestreia realiza-se em Gaia e Lisboa, no próximo dia 29 de maio, às 21h30. Participa e habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Visitas
92,241,019