"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Festivais, Festas e Feiras

“O Morgado de Mateus. Editor de Os Lusíadas”

A Fundação da Casa de Mateus e a Alêtheia Editores convidam para a apresentação da coleção “Casa de Mateus – Estudos & Manuscritos”, com o livro “O Morgado de Mateus. Editor de Os Lusíadas”, na próxima terça-feira, dia 14 de julho, às 18h30, no Grémio Literário.

14 Jul 2015  |  18h30

Grémio Literário
Rua Ivens, n.º 37, 1200-226 Lisboa

A coleção e a obra serão apresentadas pelo Prof. Doutor Martim de Albuquerque e pela Drª. Maria Carlos Loureiro.


DA OBRA: Após a sua publicação, em 1817, a edição monumental de "Os Lusíadas" efetuada pelo Morgado de Mateus suscitou curiosos debates que se prolongaram durante uma década. No entanto, rapidamente foi esquecida. Os dicionários bibliográficos reservam-lhe apenas um parágrafo e as histórias da literatura concedem-lhe, por vezes, uma página, mas raramente um artigo completo. Apesar da riqueza do seu conteúdo que, para além do poema épico, também contém uma biografia de Camões, uma análise da sua obra lírica, numerosas notas e ainda uma introdução onde se faz um esboço da história das edições dos "Lusíadas" de 1572 a 1817, a edição monumental não foi detalhadamente estudada. Anne Gallut, em 1970, publicou em França o resultado da sua investigação sobre a edição de José Maria de Sousa, Morgado de Mateus. É a tradução desse excelente estudo, fundamental para camonianos e amantes de Camões, que aqui se apresenta.

DA AUTORA: Anne Gallut-Frizeau - Professora jubilada da Universidade de Toulouse II – Le Mirail, França, onde foi titular da cadeira de Estudos Portugueses e Brasileiros. Especializou-se em Cultura e Literatura portuguesas com a tese de doutoramento Le Morgado de Mateus, Editeur des Lusíadas, defendida e publicada em França e que agora se publica pela primeira vez em língua portuguesa. Tem vasta obra dispersa por revistas portuguesas, brasileiras e francesas, sendo de salientar Documents inédits sur le Morgado de Mateus et son édition des Lusíadas (1966); A propos de l'édition des "Lusíadas" du Morgado de Mateus: documents inédits (1966); Quelques réflexions autour de la biographie du Morgado de Mateus et de son édition des Lusíadas (1971); e O Morgado de Mateus e a edição d’Os Lusíadas que integra o «Dicionário Luís de Camões» (2011). Estudou e anotou o Diário de Viagem (1791-1793) de D. José Maria de Sousa, Morgado de Mateus, cuja primeira edição figurará na Coleção “Estudos & Manuscritos” da Fundação da Casa de Mateus. Vive em França.

DA TRADUTORA: Maria Carlos Loureiro licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade Nova de Lisboa, onde foi depois Assistente de Literatura Portuguesa, lecionando os séculos XVI e XVII. É atualmente Diretora de Serviços do Livro da DGLAB e representante da Cultura na Comissão Interministerial do Plano Nacional de Leitura. Para além das funções oficiais, foi editora, coordenadora da revista Tabacaria, teve uma livraria, traduziu artigos e livros, e publicou um livro de poesia que recebeu o Prémio Revelação da revista Máxima.
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
75,466,835