"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Museus, Bibliotecas e Arquivos

Museu do Sabão

Distrito: Portalegre
Concelho: Portalegre

© Facebook, Museu do Sabão
Tipo de Património
Museus, Bibliotecas e Arquivos
Descrição

Os Saboeiros de Belver
Aproveitando a abundância das matérias-primas necessárias para a produção do sabão, a zona do Alto Alentejo, e particularmente a zona de Castelo Branco e concelhos limítrofes, tiveram desde a segunda metade do século XVI, decisiva importância na indústria saboeira nacional.

De tal modo, que as suas saboarias de Sabão Mole e Sabão de Pedra eram sobejamente conhecidas em todo o reino.

A produção de sabão assumiu inegável importância económica e social na vila de Belver. Nesta localidade foi instalada uma Real Fábrica de Sabão, que funcionou em regime de monopólio régio, da qual ainda hoje se encontram vestígios. Uma concessão régia dinamizou economicamente a freguesia de Belver e alguns trabalhadores de saboarias reais, aproveitando os conhecimentos adquiridos e a disponibilidade das principais matérias primas, criaram as suas próprias indústrias artesanais quando este monopólio terminou em 1858. Estas indústrias artesanais ou casas de Sabão Mole, como eram designadas, constituíam-se como pequenas produções de caráter estritamente familiar, passando de geração em geração. Após embalado em sacas próprias de sarja e serapilheira, o sabão era utilizado sobretudo em lavagem de roupas e tecidos. Transportado para fora do concelho em almocreves, que se deslocavam em burros, quando as distâncias eram maiores, o sabão mole era transportado pelo rio Tejo em barcadas. A produção de sabão nestes moldes durou até à primeira metade do século XX, sendo durante várias décadas um elemento estruturante na economia da região de Belver. Dessa produção permanecem hoje somente registos orais dos descendentes dos últimos saboeiros.

A recuperação e transformação da antiga escola primária de Belver no Museu do Sabão pretende criar um espaço de divulgação de conhecimentos adquiridos pelos nossos antepassados e homenagear a memória coletiva dos saboeiros de Belver.

Museu do Sabão no Facebook

Modo de funcionamento

Horário:
Quartas, quintas e sextas: das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h00
Sábados, domingos e feriados: das 14h00 às 18h00

Horário de verão:
Das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00
Descanso semanal: 2ª feira

Entradas:
- Até 5 anos de Idade: Grátis
- Dos 6 aos 12 anos: 1,00€
- Maiores de 12 anos: 2,00€
- Grupos (mais de 10 pessoas): Desconto de 50%
- Maiores de 65 anos: 1,00€

Telefone
241 639 070
Fonte de informação
Câmara Municipal de Gavião
Data de atualização
16/06/2023
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites duplos para o espetáculo "City of Glass"

Em parceira com o Auditório de Espinho, oferecemos convites duplos para o concerto de Daniel Bernardes Trio & Coro Ricercare que terá lugar no próximo dia 2 de março (sábado), às 21h30. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "NO WAY UP - SEM SAÍDA"

Em parceria com a Films4You, oferecemos convites duplos para a antestreia de um inquietante thriller, NO WAY UP - SEM SAÍDA, sobre luta pela sobrevivência depois da queda de um avião no Oceano Pacífico. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Visitas
88,962,929