"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Património Material

Ermida de Santa Margarida (Alte)

Distrito: Faro
Concelho: Loulé

Tipo de Património
Património Material
Identificação Patrimonial
Monumento/Edifício
Descrição

Provavelmente foi construída na primeira metade do século XIV com a designação de ermida de Vila Verde do Vale. Alguns acreditam tratar-se de um edifício erguido sobre um templo mais antigo, romano ou muçulmano.

Com o terramoto de 1755, a ermida ficou parcialmente destruída e as pedras do arco e da abóbada da capela ficaram desencaixadas, mas em 1758 já se encontrava reparada. Contudo, em 1844, não se conhecendo as causas, encontrava-se novamente em ruínas. Em 1846, o conde de Farrobo, empresário da mina de cobre da Atalaia, situada nas proximidades, requer a compra do que restava do edifício, para nele instalar a forja e arrecadação de materiais da mina. Esta requisição obteve um despacho favorável, no entanto, não existem documentos que atestem a venda.

Com o passar do tempo, as pedras da ermida começaram a ser levadas para a construção de casas e calçadas do povoado, a capela-mor acabou por ruir, tornando-se cada vez mais difícil a sua reconstituição.

Hoje apenas é visível o esqueleto da sua estrutura. 

Estado de Conservação
Ruínas
Fonte de informação
Câmara Municipal de Loulé
Bibliografia

RAPOSO, Isabel, Alte: na roda do tempo. Alte, Casa do POVO, 1995, p. 89, 92.

Data de atualização
18/04/2016
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "ÉPOCA DE CAÇA"

Em parceria com a Films4You, oferecemos convites duplos para a antestreia da hilariante comédia francesa, "ÉPOCA DE CAÇA", sobre um casal que se muda para o campo e descobre que os vizinhos usam o jardim como campo de caça, desencadeando uma guerra entre vizinhos!

Passatempo

Ganhe convites para a peça "23 SEGUNDOS"

Em parceria com o CENDREV - Centro Dramático de Évora, oferecemos convites duplos para a peça "23 Segundos", pela Comuna Teatro de Pesquisa. Tratando-se embora de ficção, a ação inspira-se numa situação verídica ocorrida na Cadeia do Forte de Peniche, na primeira metade dos anos 50, durante a ditadura do Estado Novo. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Visitas
93,058,370