"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Património Material

Paço e Castelo de Ourém

País: Portugal
Distrito: Santarém
Concelho: Ourém

Localização
Coordenadas GPS: 39º 38’ 27,50’’ N 8º 35’ 29,60’’ W
Tipo de Património
Património Material
Classificação
Monumento Nacional
Proteção Jurídica
Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910
Identificação Patrimonial
Monumento/Edifício
Época(s) Dominante(s)
Medieval, Moderna
Valor patrimonial
Valor Arquitetónico
Áreas Artísticas
Arquitetura Militar
Uso atual
Local de visita
Proprietário/Instituições responsáveis
Câmara Municipal de Ourém
Descrição

O Castelo de Ourém situa-se na área que hoje pertence ao município de Ourém, mesmo no centro do país onde convergem vários antigos itinerários e numa zona onde abundam recursos naturais fundamentais à subsistência e fixação de populações, de acordo com os variados vestígios arqueológicos conhecidos.

Após a conquista aos mouros em 1136, D. Afonso Henriques, em 1178, entregou Ourém à Infanta Dona Teresa, sua filha, que lhe conferiu foral, atribuindo, assim, grande importância a este território. Mais tarde, em 1384, D. João I doa a cidade a D. Nuno Álvares Pereira e o título de Conde de Ourém.

É o neto de D. João I, D. Afonso, Conde de Ourém e Marquês de Valença, que, em meados do séc. XV decide erguer as muralhas do primitivo castelo para a construção do Paço, que veio a ser destruído quase por completo no terramoto de 1755.

O período que se seguiu foi de deterioração principalmente provocado pelas invasões francesas.  No início do século XIX, o edifício foi incluído no primeiro processo nacional de classificação de "monumentos nacionais". Assim, em 1910, comprovando a sua importância histórica, foi alvo de obras de restauro e valorização.

Situado no topo de um monte que se eleva sobre a Vila e de difícil acesso, no castelo, originalmente construído entre os séculos XII e XIII, D. Afonso, Marquês de Valença foi também responsável pela construção do Paço de influência italiana.

O conjunto forma um triângulo com corpo central de planta rectangular e duas torres fortificadas rematadas por ameias inseridas no conjunto muralhado de planta poligonal da Vila. Os dois pisos inferiores foram rematados com um terraço rodeado por um balcão com mata-cães sobre arcaria assente em mísulas piramidais.
Estado de Conservação
Bom
Modo de funcionamento
Visitas guiadas sob marcação prévia, terça a domingo: 11h e 15h
Morada
EN 356
2490 Ourém
Telefone
+351 910 502 917
Web site
Fonte de informação
Centro Nacional de Cultura
Data de atualização
13/07/2021

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para o filme "MELHORES AMIGAS"

Em parceria com a Zero em Comportamento, oferecemos 5 bilhetes duplos para ver o FILME DO MÊS, no próximo dia 10 de dezembro (sábado), pelas 18h00, na Biblioteca de Alcântara.Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Passatempo

Ganhe convites para o espetáculo VIGNETTE

Em parceria com o Auditório de Espinho, oferecemos convites duplos para o evento que terá lugar no próximo dia 9 de dezembro (sexta-feira), pelas 21h30. Findo o passatempo, anunciamos aqui os nomes dos vencedores!

Visitas
73,337,057