"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Roteiros

A ARTE NOVA EM LISBOA (Roteiro 2)

O Centro Nacional de Cultura prossegue este itinerário de Arte Nova em Lisboa com um percurso pelas Avenidas Novas. Nem este roteiro, nem em nenhum outro, se esgota nos exemplos que sugerimos. Se procurarmos, encontramos.

Outra sugestão genérica que deixamos, ainda no capítulo da Arte Nova, é a observação cuidada dos edifícios da Avenida Almirante Reis.

 

Pontos de Interesse

CASA DE MALHOA
Local: Avenida 5 de Outubro, 6
Esta casa foi construída com a finalidade de servir de habitação e atelier de trabalho ao pintor José Malhoa. Esta maravilhosa edificação foi agraciada com o Prémio Valmor em 1905, devido à sua beleza arquitetural. É uma casa constituída na sua fachada por três corpos bem distintos, mas que se integram de uma forma harmoniosa no seu conjunto.

Podemos destacar na zona central um grande janelão, correspondente à zona que servia de atelier ao pintor.
À esquerda desse janelão podemos ver um pequeno alpendre sobre a escada que dá acesso à porta de entrada. O lado direito da fachada corresponde à zona da sala de jantar. O vitral na sala de jantar e sala anexa ao atelier do pintor, é de origem francesa. De destacar também no exterior do edifício, o portão em ferro forjado, estilo Arte Nova.


EDIFÍCIO DA ORDEM DOS ENGENHEIROS 
Local: Avenida António Augusto Aguiar, 3D 
É projeto de autoria do Arq. Ventura Terra, o qual receberia uma Menção Valmor em 1913. Foi a primeira construção com fachada virada para o Parque Eduardo VII. As ornamentações em cantaria são das oficinas Pardal Monteiro, as silharias de Jacob Lopes da Silva, e o grupo escultórico que encima a fachada, de autoria de Artur Prat.



EDIFÍCIO NA AVENIDA DA REPÚBLICA, N.º 89
Trata-se de outra obra do Arq. J. Rodrigues Pietro praticamente na mesma linha, se excetuarmos o corpo central. O imóvel está decorado de cantaria, tendo a janela lateral do piso térreo e a porta da entrada ombreira em arco de volta perfeita.

EDIFÍCIO NA AVENIDA DA REPÚBLICA, N.º 87
Exemplar tipicamente Arte Nova, sobretudo na fachada, com elementos decorativos. A construção foi da responsabilidade do Arq. J. Rodrigues Pietro.

EDIFÍCIO NA AVENIDA DA REPÚBLICA, N.º 23
O edifício vencedor do Prémio Valmor em 1913, de autoria do Arq. Miguel Nogueira, ostenta uma forte influência da Arte Nova e Neorromântica. As fachadas são caracterizadas com alternância de volumes, exuberante decoração vegetalista e trabalho em ferro das guardas. Foi recentemente renovado servindo agora como sede a uma Instituição Bancária.



EDIFÍCIO NA AVENIDA DE BERNA, N.º 1 COM A AVENIDA DA REPÚBLICA, 97 / 97 C
Datada de 1908, é uma construção de autoria do Arq. Norte Júnior. A fachada apresenta motivos Arte Nova, nomeadamente nos trabalhos de cantaria, onde se realçam as colunas que sustentam as varandas. Ainda de referenciar a decoração dada às molduras dos vãos e os gradeamentos.

EDIFÍCIO NA AVENIDA FONTES PEREIRA DE MELO, N.º 28
Galardoado com o prémio Valmor em 1914, trata-se de um projeto de autoria do Arq. Norte Júnior. No edifício de dois pisos é de realçar, na fachada, a exuberante decoração de motivos vegetalistas e o trabalho de cantaria das janelas superiores.

 

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
50,870,347
>