"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Roteiros

Alenquer, Presépio de Portugal

Graças à sua disposição em encosta, há muito que Alenquer conquistou o epíteto de "Presépio de Portugal". Reforçando a conotação, é desde 1968 que, no mês de dezembro, a colina da vila acolhe o colorido das figuras bíblicas dos Anjos, do Deus Menino, da Virgem, de São José e dos Reis Magos.


Rota das Igrejas, em Alenquer

A rota das igrejas privilegia o turismo patrimonial e religioso, contemplando, numa primeira fase, quatro igrejas, uma basílica e um convento. Esta iniciativa tenta marcar de forma indelével o valor artístico e arquitetónico que este tipo de património possui neste Município. Indiscutivelmente uma mais valia cultural que muito nos orgulhamos.

PONTOS DE INTERESSE

BASÍLICA DE SANTA QUITÉRIA DE MECA
Situada a poucos quilómetros de Alenquer a basílica foi mandada construir pela confraria de Santa Quitéria de Meca em meados do século XVIII. A igreja é rica em pinturas de elevado valor artístico. Existem ainda outras peças de grande valor como os paramentos, algumas imagens e o orgão que se encontra no coro. 


IGREJA DE NOSSA SRª. DA PIEDADE

Situada no centro da povoação a igreja desempenha, pelo seu valor e interesse histórico, um lugar de relevo dentro do panorama cultural do Oeste. A sua construção não apresenta particularidades arquitetónicas no exterior, mas o seu interior revela-se muito rico em obras de arte.

IGREJA NOSSA SRª. DOS PRAZERES
Considerada um monumento de muito interesse; a sua conceção ornamental apresenta características da segunda metade do século XVIII. Muito rica em pinturas, a igreja contém ainda diversas imagens de grande valor.

IGREJA S. SEBASTIÃO
Esta igreja foi sede da freguesia de S. Sebastião. A sua construção que talvez seja dos finais do século XVI tem características arquitetónicas muito simples e curiosas. Uma das suas maiores riquezas são os azulejos policromados todos do século XVII.

IGREJA SANTA MARIA MADALENA
A igreja é de uma só torre sineira e tem sobre a porta de entrada a data de 1724, mas a julgar por uma inscrição numa lage tumular, dá-nos a ideia que a sua construção será do começo do século XVI. A igreja está decorada com azulejos do século XVII e é rica em imagens.

CONVENTO DE S. FRANCISCO
A igreja pertenceu ao primeiro convento franciscano fundado em Portugal por D. Sancha, filha de D. Sancho I, no local onde existia o antigo Paço Real da Vila.
O seu interior está decorado com algumas peças de arte, quer em pintura quer em imagens de vulto.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
49,188,376
>