"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Celebrando o bicentenário da Revolução Liberal

Porto Editora publica a primeira de uma série de três obras evocativas desta efeméride histórica.


No ano em que se comemora o bicentenário da Revolução Liberal, a Porto Editora lança uma trilogia assinada por 
Vital Moreira e JoséDomingues. O primeiro volume, que abrange o período Da Revolução à Constituição | 1820-1822, estará disponível nas livrarias a 2 de julho. No Bicentenário da Revolução Liberal terá continuação em setembro e outubro, com a edição dos restantes dois volumes deste projeto.

SOBRE O LIVRO
No Bicentenário da Revolução Liberal
Da Revolução à Constituição | 1820-1822

Há um antes e um depois da Revolução Liberal de 1820-1822 na nossa história política, institucional e constitucional (e não só). Tratou-se, antes de mais, de pôr fim ao despotismo da Monarquia absoluta, limitar o poder do Estado e instaurar as liberdades individuais; veio a seguir a institucionalização constitucional de um novo regime político, baseado na soberania da Nação, no poder político representativo, através de um parlamento eleito, na separação de poderes e na subordinação do Governo à lei. Com a nova era constitucional, os portugueses deixaram de ser súbditos de um poder alheio, sem direitos, para passarem a ser cidadãos de pleno direito, titulares de direitos políticos, nomeadamente o de elegerem a representação nacional.

A Revolução vintista edificou entre nós os alicerces do constitucionalismo democrático, que um século e meio depois a Constituição da República Portuguesa de 1976 veio recuperar e aprofundar. Por isso, o conhecimento da Revolução Liberal não releva somente da curiosidade ou da erudição histórica, pois ela continua a dizer-nos diretamente respeito, como beneficiários da liberdade política e da cidadania que nos legou.

É dessa história que trata este livro, o primeiro de uma série de três obras evocativas do bicentenário da Revolução Liberal.

Título: No Bicentenário da Revolução Liberal — Da Revolução à Constituição | 1820-1822
Autores: Vital Moreira e José Domingues
Páginas: 272
PVP: 18,80€


Ver primeiras páginas

SOBRE OS AUTORES

Vital Moreira
É professor catedrático jubilado da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC), sendo também professor na Universidade Lusíada – Norte (Porto). Conhecido como constitucionalista, entre os seus projetos de investigação em curso destacam-se aqueles ligados à história da Revolução Liberal de 1820 e da Constituição de 1822, à história do constitucionalismo eleitoral e à história constitucional portuguesa em geral, todos em parceria com o Professor José Domingues. É consultor da Câmara Municipal do Porto para as comemorações municipais do bicentenário da Revolução Liberal de 1820.

José Domingues
É professor auxiliar da Faculdade de Direito da Universidade Lusíada – Norte (Porto). É membro do International Advisory Board da revista Glossae: European Journal of Legal History e da revista Initium: Revista Catalana d'Historia del Dret. É também investigador integrado do Centro de Estudos Jurídicos Económicos e Ambientais (CEJEA). O mais recente projeto em curso, em parceria com o Professor Vital Moreira, gravita em torno do bicentenário da Revolução Liberal de 1820 e, em simultâneo, da história constitucional portuguesa em geral, desde o século XII ao século XXI.
Visitas
51,986,947
>