"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Património

Tomar assume presidência da Rede Europeia dos Templários

Principal ponto de atração da zona é o Convento de Cristo. A autarquia quer gestão partilhada do monumento.

 

A cidade de Tomar assume até 2023 a presidência da Rede Europeia dos Templários.

Apesar da complexidade deste ano de pandemia, a autarquia quer desenvolver uma Rota Templária na região e um dos pólos centrais de atração é o Convento de Cristo.

O Monumento Nacional, classificado pela UNESCO como Património Mundial em 1983, é da tutela do Ministério da Cultura, da Direção Geral do Património, mas a autarca de Tomar, Anabela Freitas, defende uma gestão integrada ao nível, por exemplo, “da comunicação, de abertura do monumento, conteúdos do monumento ser gerido pela câmara.

“Não podemos ter o monumento com um determinado horário e os horários, por exemplo, dos museus, da Sinagoga, dos núcleos de arte contemporânea da cidade terem um horário diferente. O Convento podia estar aberto mais horas e não está” - Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, em declarações ao programa da Renascença Ensaio Geral, transmitido às sextas-feiras, depois das 23h00.

 


por Maria João Costa e Cristina Nascimento, in Renascença | 19 de fevereiro de 2021
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Rádio Renascença

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
57,146,900
>