"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Destaques

CTT apoiam a cultura em parceria com o Centro Nacional de Cultura

Os CTT apoiam o setor da cultura através da doação de 5,00€ ao Centro Nacional de Cultura, por cada livro filatélico editado pelos CTT, vendido em qualquer Loja CTT ou na sua loja online, até 31 de dezembro de 2021, reforçando desta forma o seu envolvimento e compromisso para com este sector que tanto enriquece o nosso país e a nossa população.


Esta iniciativa, de cariz educacional e de âmbito cultural, enquadra-se na estratégia dos CTT de apoiar a cultura portuguesa, apoiando esta instituição que reconhecidamente tem desempenhado um papel importante no desenvolvimento das artes em Portugal.

Associadas às emissões filatélicas, os CTT são reconhecidos nacional e internacionalmente pela edição de livros, obras da autoria de especialistas com elevada riqueza iconográfica. Estas edições dos CTT têm tiragens limitadas, são numeradas e contêm selos e blocos alusivos ao tema abordado, tornando-as peças originais e de elevado prestígio.

A “História do Bailado em Portugal”, “Festas e Romarias – Lugares de Fé” e “Museus Centenários de Portugal” são exemplos de edições dos CTT que, para além de se constituírem por si só como uma peça de cultura única, abordam também temas culturais relevantes e que contribuem para o conhecimento e desenvolvimento destas artes.

Desta forma, os CTT dão continuidade à sua política de mecenato social onde a vertente da cultura tem sido uma das prioridades; apoiam as instituições, profissionais e artistas que no atual enquadramento passam por dificuldades acrescidas, reforçando desta forma a proximidade à população através de um maior envolvimento e compromisso.

O Centro Nacional de Cultura é uma Associação Cultural de utilidade pública. Criado no dia 13 de maio de 1945, tem a sua atividade centrada na internacionalização e na valorização da cultura e do património, com atividades muito variadas e dirigidas a públicos diversificados. Tem também como grandes linhas de ação a defesa, divulgação e valorização do património cultural, com base numa noção integrada de território, comunidade, ambiente, património e turismo.

Os CTT estão a implementar medidas de mitigação de contágio por CoViD-19 na rede de retalho e em todo o processo de tratamento e entrega de correio e encomendas. Também a Câmara Municipal de Sintra está a seguir todas as recomendações das autoridades nos seus procedimentos.

Os CTT e o Centro Nacional de Cultura, mantendo a prestação de um serviço de qualidade e a proximidade às populações, apelam também ao seguimento rigoroso das recomendações da Direção-Geral da Saúde, por forma a garantir a segurança dos clientes, mas também dos colaboradores.

Sobre os CTT:

Os CTT empregavam, em dezembro de 2020, 12.234 pessoas, das quais 11.671 em Portugal, país onde opera com 2.384 Pontos CTT e cerca de 5.000 agentes Payshop. Em 2020 os CTT obtiveram rendimentos operacionais de 745,2 milhões de euros e um resultado líquido de 16,7 milhões de euros. Nesse mesmo ano, os CTT transportaram 516,9 milhões de objetos de correio endereçado, 25,9 milhões de encomendas expresso em Portugal e 24,9 milhões em Espanha.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
62,921,108
>