"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

O corpo à descoberta de si próprio

Porto Editora publica O cavalo de sol, de Teolinda Gersão. Edição inclui notas e outras sugestões para uma adaptação cinematográfica da obra.


Romance distinguido com o Prémio de Ficção do PEN Clube, em 1989, e já traduzido em várias línguas, O cavalo de sol volta a estar disponível no mercado. A presente edição inclui uma Nota da Autora e um guião inédito para nos deixarmos conduzir pela história de Vitória e Jerónimo. Partindo do binómio homem/mulher, o texto irradia-se a outras antíteses como loucura/ordem, bem/mal, amor/ódio ou vida/morte.

O livro já se encontra em pré-venda.

«Anos depois da 1.ª edição, deu-se no entanto o caso de ter surgido a ideia de uma adaptação cinematográfica, que não veio a realizar-se, e na altura fui solicitada a sugerir notas, cenas, imagens visuais, que pudessem eventualmente ser úteis. Nesse papel de "realizadora imaginária", achei que teria de ser mais explícita sobre um dos temas centrais do livro, o tabu da homossexualidade, neste caso masculina, que durante séculos levou a suicídios e a um sem-número de desastres emocionais», explica a autora nestas páginas.

SOBRE O LIVRO
O cavalo de Sol
Um romance situado na terceira década do século xx, quando a heterossexualidade era reprimida por toda a espécie de convenções, e a homossexualidade tabu social e crime perante a lei. Uma escrita visceral, acutilante e sensualíssima, em que o corpo avança, num ritmo progressivamente acelerado, para a descoberta de si próprio e do mundo. 

Título: O cavalo de sol
Autora: Teolinda Gersão
Páginas: 228
PVP: 16,60€

Ver primeiras páginas 

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«É tal o tom confessional desta escrita, a um tempo sincopada e de ritmo ternário, que não pode ser consumida de feição ligeira. […] um dos melhores romances da estação literária que ora corre.»
Pedro Alvim, Diário de Lisboa

«Extraordinário romance, O cavalo de sol. […] Um daqueles livros que guardamos ao pé de nós, a ele voltando quando a lembrança pede e o coração ordena. Para rever uma sequência, retomar um pormenor, reencontrar uma palavra que se destacou, destaca ou destacará, luminosa.»
Maria Lúcia Lepecki, Diário de Notícias

« […] cremos estar aqui perante a mais importante e brilhante produção narrativa portuguesa deste ano, uma aparatosa demonstração de virtuosismo na criação romanesca, uma conjugação excepcionalmente feliz de uma arte imensa do verbo e das estruturas dos regimes discursivos da ficção.»
José Emílio-Nelson, Diário de Notícias

«Nos textos de Teolinda Gersão, a mulher continuamente busca as palavras que lhe oferecem um espaço livre […] e que lhe permitem a expansão do seu círculo. […] Como texto feminista, O cavalo de sol problematiza o discurso patriarcal tradicional.»
José N. Ornelas, Colóquio Letras

SOBRE A AUTORA
Teolinda Gersão
Estudou nas Universidades de Coimbra, Tübingen e Berlim, foi leitora de português na Universidade Técnica de Berlim e professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa, onde lecionou Literatura Alemã e Literatura Comparada. Viveu três anos na Alemanha, dois anos em São Paulo, Brasil, e conheceu Moçambique e a cidade de Lourenço Marques, onde decorre o romance A árvore das palavras. É autora de 20 livros e a sua obra encontra-se traduzida em 20 países. Considerada uma das maiores escritoras portuguesas da atualidade, foi galardoada com os mais prestigiados prémios literários nacionais, nomeadamente o Grande Prémio de Romance e Novela da APE, o Prémio de Ficção do PEN Clube (1981 e 1989), o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco, o Prémio Fernando Namora (1999 e 2015) e o Prémio Literário Vergílio Ferreira 2017 pelo conjunto da sua obra. Foi escritora residente da Universidade de Berkley em 2004.Alguns dos seus contos e livros têm sido adaptados ao cinema e ao teatro e encenados em Portugal, na Alemanha e na Roménia. Em 2018 foi-lhe atribuído o Marquis Lifiteme Achievement Award. 

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
67,709,131