"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Álvaro Magalhães celebra 40 anos de vida literária

A reedição do livro O Brincador, pela Porto Editora, assinala as quatro décadas dedicadas aos livros de um dos nomes incontornáveis da literatura infantojuvenil em Portugal.


"Quando for grande, não quero ser médico, engenheiro ou professor. Não quero trabalhar de manhã à noite, seja no que for. Quero brincar de manhã à noite, seja com o que for. Quando for grande, quero ser um brincador".
É com este excerto que se inicia a viagem pela mais recente edição do livro O Brincador e se revisitam alguns dos principais poemas de culto de Álvaro Magalhães.

Versos como “Os anões são tão pequeninos/ que não fazem anos, fazem aninhos. / Os gigantes são tão grandalhões/ que não fazem anos, fazem anões” , vão fazer nascer o doce sorriso da memória nos adultos e, nas crianças, vai despoletar a empolgante descoberta do poder único que Álvaro Magalhães possui, de colocar nas palavras a delicadeza da poesia e o eterno elogio à infância.

Nesta nova edição da Porto Editora, já à venda, as palavras são acompanhadas pelas ilustrações de Cátia Vidinhas.

Este é um livro fundamental para todas as idades, que assinala os 40 anos de vida literária do autor, que é considerado um dos mais importantes escritores da sua geração e que, no início de maio, foi homenageado pela Câmara Municipal de Valongo (Porto), com a criação do Prémio Literário Álvaro Magalhães, galardão que vai distinguir obras de literatura infantojuvenil ibéricas. As quatro décadas de trabalho vão continuar a ser celebradas pela Porto Editora com o lançamento de novos volumes de coleções icónicas como O Estranhão e Os Indomáveis F.C., entre outras iniciativas.

SOBRE O LIVRO

O Brincador
Quando for grande, não quero ser médico, engenheiro ou professor. (...) Quando for grande, quero ser um brincador.

O Brincador é uma coletânea de poemas que tem cativado sucessivas gerações de leitores de todas as idades e integra os poemas de culto de Álvaro Magalhães como:

O limpa-palavras

A palavra fogão cozinha o meu jantar.
A palavra brisa refresca-me.
A palavra solidão faz-me companhia.


As portas

Um sorriso abre-as.
Uma palavra também,
se for uma palavra-chave. 


Título: O Brincador
Autor: Álvaro Magalhães
Ilustração: Cátia Vidinhas
Páginas: 80
PVP: 13,90 €

Ver primeiras páginas 

SOBRE O AUTOR
Álvaro Magalhães

Nasceu no Porto, em 1951, e publicou o seu primeiro livro em 1982. A sua obra para crianças e jovens, que integra poesia, conto, ficção e textos dramáticos, repartindo-se por mais de 120 títulos, caracteriza-se pela originalidade e invenção, quer na escolha dos temas quer no seu tratamento. Foi várias vezes premiado pela Associação Portuguesa de Escritores e pelo Ministério da Cultura. Em 2002, O limpa-palavras e outros poemas foi integrado na Honour List do Prémio Hans Christian Andersen, em 2004, Hipopóptimos – Uma história de amor foi distinguido com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian e, em 2014, O senhor Pina recebeu o prémio Autores, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores ao melhor livro infantojuvenil publicado nesse ano. Várias das suas publicações integram o Plano Nacional de Leitura e constam da lista e obras das Aprendizagens Essenciais de Português. Parte da sua obra está publicada em Espanha, França, Brasil, Coreia do Sul e Itália. 
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
67,708,889